Tamanho do texto

Armador do Golden State Warriors foi tirar satisfação com juiz após falta não marcada e perdeu a cabeça; além da expulsão, vai pagar punição máxima

Indignado com falta não marcada, Stephen Curry atirou seu protetor bucal em direção ao árbitro
Reprodução
Indignado com falta não marcada, Stephen Curry atirou seu protetor bucal em direção ao árbitro

Stephen Curry recebeu a punição máxima em dinheiro devido atitude antidesportiva neste último sábado (21). Durante os minutos finais da partida contra o Memphis Grizzlies, o ídolo do Golden State Warriors atirou seu protetor bucal em direção ao árbitro. Por conta disso, deverá pagar 50 mil dólares, quantia equivalente a R$ 161 mil.

LEIA TAMBÉM: 7 coisas que você não sabia sobre o ídolo do Warriors, Stephen Curry

Curry ficou extremamente irritado após um dos juízes não ter marcado uma falta e assim, jogou o protetor em direção ao árbitro. Por sorte, o objeto não acertou o homem e o armador do Warriors foi somente expulso do jogo, não levando suspensão para as próximas partidas.

O companheiro de time Kevin Durant também se envolveu na polêmica por conta de uma reclamação pelo mesmo lance. No entanto, o ala não recebeu nenhuma punição ou multa em dinheiro e foi apenas expulso naquele momento. Ao deixar a quadra, ainda foi filmado respondendo às provocações da torcida rival do FedExForum, fazendo referência ao anel de campeão.

LEIA TAMBÉM: Stephen Curry afirma não ter vontade de visitar Trump na Casa Branca

Veja o vídeo:




LEIA TAMBÉM: Stephen Curry terá o maior salário da história da NBA: mais de R$ 660 milhões

A punição foi anunciada pelo vice-presidente da NBA , Kiki Vandeweghe. Além de Curry e Durant, o ala Andre Iguodala também foi multado em dinheiro, mas em quantia bem mais baixa que o colega de equipe. O camisa 9 do Warriors deverá pagar 15 mil dólares, ou seja, cerca de R$ 48 mil por ter dito palavras inapropriadas aos juízes. 

Ao final do jogo, que terminou em 111 a 101 para o time local, o treinador da equipe derrotada Steve Kerr, disse sarcasticamente que Stephen Curry deveria ser punido em 10 partidas por "ameaçar milhares de pessoas nas arquibancadas". Mas o próprio jogador se pronunciou e explicou o ocorrido: "Eu não joguei o protetor bucal em direção ao árbitro. Eu atirei por frustração", disse. 

    Leia tudo sobre: NBA