Tamanho do texto

Mão Santa publicou vídeo em seu Facebook com legenda misteriosa, mas depois se soube que ele jogará pelo Nets 33 anos após ser selecionado

Oscar Schmidt jogará finalmente pela NBA
Reprodução/Facebook
Oscar Schmidt jogará finalmente pela NBA

Oscar Schimdt, um dos melhores jogadores de basquete de todos os tempos e o maior brasileiro do esporte, postou um vídeo misterioso em seu Facebook na noite desta quinta-feira (19) com os dizeres: "Voltando aos treinos para deixar a mira afiada e honrar o grande desafio que vem por aí. Muito Feliz por tudo isso!" e deixou todos sem saber do que se tratava.

LEIA MAIS: Com LeBron e Curry e sem Westbrook, NBA divulga lista dos titulares do All-Star Game 2017

Nesta sexta, no entanto, soube-se que Oscar Schmidt , selecionado para jogar a NBA pelo então New Jersey Nets (hoje Brooklyn Nets), em 1984, e membro do Hall da Fama, jogará, finalmente, na liga norte-americana de basquete, a maior e que reúne os melhores atletas do mundo. As informações são do blog "Bala na Cesta".

À época, o Mão Santa, como é conhecido, não pôde jogar na NBA por conta de uma regra que determinava que os jogadores que atuassem na liga não poderiam jogar pela seleção brasileira e, com isso, ele acabou nunca estreando.

LEIA MAIS: Oscar Schmidt receberá cidadania honorária em cidade da Itália

33 anos depois, porém, em uma ação inédita da ESPN e da Budweiser, o brasileiro atuará pela primeira vez na NBA. A entrada dele será durante o Jogo das Celebridades, no dia 17 de fevereiro, durante o final de semana das estrelas da liga.

A cervejaria e a gigante de comunicação realizarão diversas ações com o ex-ala para promover o jogo. Nas próximas semanas, um vídeo emocionante será divulgado.

LEIA MAIS: Warriors e Timberwolves vão jogar na China durante pré-temporada de 2017

Assista ao vídeo de Oscar treinando para voltar às quadras




Carreira

Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, Oscar Schmidt começou a jogar profissionalmente pelo Palmeiras, em 1974, mas foi na Itália que ele ganhou notoriedade e mais se descabou. De 1982 a 1993, passou por dois clubes e fez quase 14 mil pontos. Jogou ainda pelo Corinthians e pelo Mackenzie, de São Paulo. Pela seleção brasileira, foram mais de sete mil pontos entre 1977 e 1996. Foi bronze no Mundial das Filipinas, em 1978, bronze também nos Jogos Pan-Americanos de San Juan, em 1979, e ouro no Pan de Indianápolis, em 1987. É considerado como um dos maiores jogadores de todos os tempos.

    Leia tudo sobre: NBA