Tamanho do texto

Brasileiro iniciou a campanha da NBA pela franquia de Cleveland, mas depois se transferiu ao time da Califórnia

Estadão Conteúdo

Anderson Varejão está no Warriors
Divulgação
Anderson Varejão está no Warriors

Um dos anéis destinado aos campeões da NBA na temporada 2015/16 já tem dono. Será destinado a Anderson Varejão, o primeiro jogador na história da principal liga norte-americana de basquete a chegar a uma decisão contra um time que defendeu naquela mesma temporada.

E MAIS

Curry e Thompson brilham, Warriors leva título do Oeste e vai buscar o bi da NBA

Agora parte do elenco do Golden State Warriors, Varejão passou a primeira metade da temporada no Cleveland Cavaliers, rival nas finais que começam na próxima quinta-feira. Tradicionalmente, a NBA oferece anéis a todos os jogadores que fizeram parte do elenco de um time campeão, não apenas os 12 que estão no elenco no jogo final.

O capixaba tem jogado pouco pelo Warriors. No jogo 7 da decisão do Oeste, segunda-feira à noite, contra o Oklahoma City Thunder , por exemplo, ficou em quadra menos de dois minutos. Mas foi o suficiente para anotar dois pontos e dar duas assistências. Em 22 jogos pelo Golden State, ele tem média de só 8,5 minutos em quadra.

Varejão vem de 11 temporadas e meia pelo Cleveland, seu primeiro time na NBA. Em fevereiro, ele foi envolvido numa troca com o Portland Trail Blazers e, logo em seguida, dispensado. O Warriors aproveitou que o brasileiro estava livre no mercado e ofereceu a ele um contrato, reforçando seu banco de reservas.

Agora, o ele será o primeiro atleta a enfrentar seu ex-time na final da NBA, para faturar seu primeiro título - perdeu com o Cavaliers em 2007 e em 2015. Ele é também o primeiro jogador do Brasil a disputar três decisões.

Será o terceiro a ganhar um anel, repetindo o feito de Thiago Splitter, campeão em 2014 pelo San Antonio Spurs depois de ser vice em 2013, e Leandrinho, que ganhou com o Warriors no ano passado e vai em busca do bi.

    Leia tudo sobre: nba