Tamanho do texto

Serão necessários pelo menos mais dois jogos para ser conhecido um dos finalistas da conferência oeste da NBA

Kevin Durant marcou 41 pontos na vitória do Thunder sobre o Spurs
Divulgação/Oklahoma City Thunder
Kevin Durant marcou 41 pontos na vitória do Thunder sobre o Spurs

O Oklahoma City Thunder precisava vencer o San Antonio Spurs no último domingo, em casa, para não voltar para o Texas praticamente eliminados dos playoffs da NBA. E quanto o time mais precisou, Kevin Durant apareceu para garantir o triunfo. Foi ele quem comandou a arrancada do Thunder na reta final do Jogo 4 e a vitória por 111 a 97, que igualou a série melhor de sete das semifinais da Conferência Oeste em 2 a 2.

Leia mais:  Cleveland vence por um ponto, 'varre' o Hawks e vai invicto à final do Leste

O resultado manteve a disputa por uma vaga na decisão do Oeste bastante equilibrada. Spurs e Thunder venceram uma partida fora de casa cada e, com os resultados até o momento, garantiram que a série vai pelo menos até o Jogo 6. Eles voltam a se enfrentar terça-feira, em San Antonio, e depois na quinta, em Oklahoma City. Se for necessário, o Jogo 7 acontecerá novamente no Texas.

No domingo, o Spurs vinha embalado pela vitória em Oklahoma City no Jogo 3 e o Thunder não podia nem pensar em perder se quisesse manter boas chances de classificação. E o começo aconteceu como o time texano queria. Com uma defesa forte e boas atuações de Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, limitou a dupla formada por Kevin Durant e Russell Westbrook a somente seis arremessos convertidos no primeiro tempo e chegou a abrir 11 pontos de vantagem.

Mas já no fim do segundo período, o Thunder reagiu, muito em função das boas atuações dos coadjuvantes, como Dion Waiters e Steven Adams, que apareceram para o jogo. No terceiro período, Durant finalmente embalou e marcou 12 pontos, mas o Spurs se manteve no jogo.

Só que no último quarto, não teve jeito. O Thunder conseguiu imprimir seu estilo de forte defesa e rápida transição e contou com um momento extremamente iluminado de Durant. Foram 17 pontos para o ala somente nos últimos 12 minutos, um a mais do que todo o time do Spurs no período. Diante de uma atuação tão superior, restou ao texanos assistirem à vitória adversária.

Depois de acertar somente quatro arremessos nos dois primeiros quartos, Durant assumiu o controle da partida na reta final e terminou com 41 pontos, igualando sua melhor marca nos playoffs. Adams (16 pontos e 11 rebotes) e Westbrook (14 pontos e 15 assistências) contribuíram com "double-doubles", enquanto Waiters saiu do banco para ajudar com 17 pontos.

Pelo Spurs, Tony Parker foi o cestinha com 22 pontos, enquanto Kawhi Leonard marcou 21 e LaMarcus Aldridge, 20. Leonard e Aldrige, no entanto, pararam na marcação adversária no segundo tempo e combinaram para somente 12 pontos nos últimos dois períodos.

Os playoffs da NBA seguirão nesta segunda-feira com duas partidas. Perdendo por 2 a 1, o Miami Heat recebe mais uma vez o Toronto Raptors na Flórida precisando da vitória para igualar a série e manter boas chances de classificação. Mesma situação do Portland Trail Blazers, que joga em casa contra o favorito Golden State Warriors, que pode ter o retorno de Stephen Curry.

Na série entre Raptors e Heat, as equipes terão que lidar com as ausências de seus homens de garrafão. O pivô Jonas Valanciunas, do Raptors, torceu o tornozelo no Jogo 3 e está fora do restante do confronto diante do Heat. O time da Flórida, por sua vez, perdeu Hassan Whiteside, que lesionou o ligamento de seu joelho direito e não tem previsão de retorno.

    Leia tudo sobre: nba