Lewis Hamilton ergue a bandeira do Reino Unido após vitória em SIlverstone
Reprodução
Lewis Hamilton ergue a bandeira do Reino Unido após vitória em SIlverstone

Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio de Silverstone após início polêmico envolvendo o holandês Max Verstappen , da Red Bull Racing. Charles Leclerc, da Ferrari , ficou em segundo, enquanto Valtteri Bottas, parceiro de Lewis na Mercedes , foi o terceiro colocado.

Durante a comemoração, Hamilton ergueu a bandeira do Reino Unido em uma cena que remeteu aos tempos de Ayrton Senna

Max Verstappen largou na pole position em Silverstone, seguido por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Leclerc, da Ferrari, largou na quarta colocação, enquanto a dupla Norris e Ricciardo, da McLaren, largaram em quinto e sexto.

VERSTAPPEN FORA

As primeiras curvas de Silverstone foram marcadas por um confronto alucinante pela primeira colocação entre Max Verstappen e Lewis Hamilton . O piloto holandês foi conseguiu manter a pole position, mas foi tocado pelo inglês em um início alucinante. Verstappen saiu da pista e colidiu contra a barricada de pneus.

Ainda nos primeiros segundos de Silverstone, o safety car foi acionado, com a bandeira vermelha. Hamilton foi punido em dez segundos a serem cumpridos no box.

Os pilotos foram chamados aos boxes enquanto o Red Bull Racing de Max Verstappen era removido da pista em Silverstone . O piloto holandês saiu andando do veículo e foi encaminhado ao ambulatório. 

RECOMEÇO

A corrida recomeçou com Leclerc abrindo boa vantagem na primeira colocação. Lewis Hamilton veio logo atrás, mas teve que cumprir o pênalti de dez segundos na vigésima nona volta.

O piloto inglês demonstrou genialidade ao se recuperar e ultrapassar Ricciardo e Norris  ainda na primeira volta após a penalidade, encostando no companheiro de equipe Valtteri Bottas. 

VITÓRIA EM CASA

A Mercedes pediu que Valtteri Bottas deixasse Lewis Hamilton ultrapassá-lo para buscar Leclerc. O confronto entre os dois se acirrou por volta da quadragésima sétima volta, quando o piloto de Mônaco aumentou o ritmo.

Hamilton foi ao ataque faltando duas voltas para o fim do GP de Silverstone e ultrapassou Leclerc em uma curva interna e venceu em casa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários