Lance

Charles Leclerc, piloto da Ferrari
Reprodução / F1
Charles Leclerc, piloto da Ferrari

Charles Leclerc revelou que a Ferrari “ficou um pouco brava” com ele, depois dele ter feito um salto de paraquedas, sem a permissão da Scuderia.

Leclerc se juntou à equipe da Ferrari em 2019, depois de passar vários anos como parte de seu programa de pilotos juniores.

O monegasco venceu duas corridas ao longo da temporada passada e terminou como o piloto com mais pole positions, somando sete nas 21 corridas.

As impressionantes performances de Leclerc fizeram a Ferrari prendê-lo em um contrato de longo prazo, pois ele recentemente estendeu seu contrato até 2024.

No entanto, o piloto de 22 anos falou sobre um pequeno incidente com sua nova equipe, que os deixou infelizes com ele.

Você viu?

“Normalmente, se eu tenho algo fora do comum, sempre pergunto à Ferrari”, ele é citado por La Gazzetta dello Sport.

“Mas no caso do salto de paraquedas, fiz uma exceção. Disse a mim mesmo que, mesmo que houvesse um problema, acho que não teria a oportunidade de ser repreendido”, riu Leclerc.

“Quando descobriram, ficaram com um pouco de raiva, mas eu não farei isso uma segunda vez.”

Leclerc acrescentou que ele gosta de motos e gostaria de experimentar uma moto de corrida no futuro.

Recentemente, Lewis Hamilton e Valentino Rossi trocaram de ‘veículos’ em Valência, pois o primeiro também gosta de duas rodas.

Leclerc garantiu que pediria permissão da Ferrari para participar de um evento desse tipo, no entanto, ele não está confiante de que receberia a aprovação.

“Eu adoraria experimentar porque gosto de motocicletas no geral”, ele é citado pela Speed Week. “Mas não tenho certeza se a Ferrari sente o mesmo. Teria que pedir permissão primeiro e não sei se conseguiria”, acrescentou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários