Tamanho do texto

O piloto britânico está sendo especulado na Ferrari para as próximas temporadas da Fórmula 1

Lance

Lewis Hamilton arrow-options
Divulgação
Lewis Hamilton

Lewis Hamilton está se aproximando do recorde de sete campeonatos mundiais de Michael Schumacher, mas Gerhard Berger o aconselhou a quebrá-lo, antes de ir para a Ferrari.

Em 2019, Hamilton teve o seu melhor desempenho até o momento, garantindo 11 vitórias em corridas e marcando o maior número de pontos em suas vitórias no Campeonato Mundial. O britânico venceu cinco de seus seis campeonatos mundiais de Fórmula 1 com a Mercedes e está bem posicionado para disputar outro em 2020.

No entanto, ele foi associado a uma mudança para a Ferrari. O ex-piloto da Ferrari, Gerhard Berger, acredita que Hamilton deve quebrar todos os recordes que puder, antes de mudar para a Ferrari.

“É uma experiência extraordinária. Correr na Ferrari é muito emocional. Alguns são frios, outros reagem muito a isso. Eu fui muito afetado porque amo a Ferrari, amei a mentalidade italiana, a marca e acho que Lewis amaria. A maioria dos pilotos gosta disso, mas tem que ser na hora certa”.

“Acho que ele deveria ir para a Ferrari, mas depois de bater todos os recordes. Seria demais fazer isso antes, porque ele tem um time fenomenal ao seu redor. Você nunca sai de um time vencedor, então talvez não seja o momento certo para fazê-lo agora”, acrescentou.