Tamanho do texto

Além do britânico, pódio foi composto por Sebastian Vettel e Valtteri Bottas

Lance

Hamilton vence GP do México%2C mas ainda não é campeão da temporada arrow-options
Reprodução/ Twitter
Hamilton vence GP do México, mas ainda não é campeão da temporada

Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio do México de F1 deste domingo, aproveitando a estratégia de uma parada para se aproximar ainda mais do sexto título mundial.

Hamilton fez sua primeira – e única – parada na volta 24 e assumiu a liderança depois que Sebastian Vettel fez seu pit-stop.

Leia também: Fórmula 1 pode ter GP em estádio da NFL a partir da temporada 2021

O inglês teve uma largada complicada ao se envolver com Max Verstappen em um incidente na curva 5, que viu os dois saírem pela grama.

A disputa entre os dois misturou o restante do grid, enquanto a Ferrari manteve-se à frente com Charles Leclerc na P1 seguido por Vettel . Alexander Albon, da Red Bull, assumiu a terceira posição.

Verstappen foi obrigado a entrar nos boxes na volta 4, depois de acertar a asa dianteira de Valtteri Bottas enquanto fazia a ultrapassagem, furando o pneu de sua RB15.

Na frente, Albon foi o primeiro a parar, voltando com os médios indicando que seria uma corrida com duas paradas. Na volta seguinte, Leclerc seguiu o tailandês e também voltou com os pneus médios.

Hamilton permaneceu algumas voltas na pista, indicando que seria uma estratégia de uma única parada, e optou pelos pneus duros quando veio aos boxes.

Vettel e Bottas ficaram quase 20 voltas antes de parar e voltas com os pneus duros. Ambos não conseguiram aproximação suficiente para desafiar a vitória do inglês.

Leclerc também mostrou um ritmo muito forte nos estágios finais da corrida – faturando o ponto extra pela volta mais rápida – depois de sua segunda parada na volta 43.

O piloto da Ferrari perdeu alguns segundos, depois que a pistola pneumática da Ferrari apresentou problemas para trocar seu pneu direito traseiro.

Leia também: Amigo de Schumacher quer levar ex-piloto para ver uma corrida de Fórmula 1

Albon cruzou a linha de chegada na quinta posição à frente de seu companheiro de equipe Verstappen, que fez uma corrida de recuperação impressionante para terminar entre os seis primeiros depois do furo no pneu – terminando a corrida com apenas uma parada.

Confira o resultado final do GP do México de F1 :

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Sebastian Vettel (Ferrari)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Charles Leclerc (Ferrari)
5) Alexander Albon (Red Bull/Honda)
6) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
7) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
8) Daniel Ricciardo (Renault)
9) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda)
10) Nico Hülkenberg (Renault)
11) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
12) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
13) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
14) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
15) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
16) George Russell (Williams/Mercedes)
17) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
18) Robert Kubica (Williams/Mercedes)
19) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
20) Lando Norris (McLaren/Renault)