Tamanho do texto

Piloto alemão assumiu erro ao jogar carro contra o rival durante GP do Azerbaijão de Fórmula 1

Após se livrar de um gancho por ter jogado sua Ferrari contra a Mercedes de Lewis Hamilton , o piloto alemão Sebastian Vettel afirmou nesta quinta-feira que quer "virar a página". Na Áustria para o próximo Grande Prêmio de Fórmula 1, o tetracampeão mundial disse que entende a irritação do rival britânico, mas ressalta que tinha "outra perspectiva" a partir de seu carro.

Leia também: Senna e Schumacher já protagonizaram batidas propositais na F1; relembre

Hamilton e Vettel se estranharam no GP do Azerbaijão
FÓRMULA 1/DIVULGAÇÃO
Hamilton e Vettel se estranharam no GP do Azerbaijão

"Errei e pedi desculpas a Lewis. Agora viremos a página. É nosso direito manter para nós o que dissemos, mas estou contente que Lewis diga que o respeito entre nós permanece intacto", declarou Vettel .

Segundo o alemão, foi um erro colocar seu carro ao lado do de Hamilton e tocar pneu com pneu, mas ele acrescentou que não queria "fazer mal" ao piloto da Mercedes. "Em meu carro, tinha uma perspectiva diferente. Falei com Lewis depois da corrida e não quero esticar a questão. Minha decisão foi errada, sofri uma penalidade e terminou assim", destacou.

Leia também: FIA decide não punir Vettel após alemão jogar carro em Hamilton de propósito

Vettel foi punido ainda durante a corrida em 10 segundos, porém escapou de levar um gancho do tribunal disciplinar da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). "Me surpreendi porque achei que ele tivesse freado. Se pudesse voltar atrás, não faria de novo, mas não posso. Tentarei não repetir", ressaltou.

Polêmica no Azerbaijão

O episódio aconteceu no Grande Prêmio do Azerbaijão, quando o alemão tocou na traseira do carro do britânico durante um período de safety car. Achando que o rival havia reduzido a velocidade de propósito para prejudicá-lo, Vettel colocou os monopostos lado a lado e bateu seu pneu no de Hamilton.

Leia também: Lewis Hamilton desmente que irá se aposentar da Fórmula 1

"Eu e Sebastian conversamos depois da corrida, e, depois que ele me contatou eu reiterei que meu respeito por ele não mudou. Aceito suas desculpas e sigo em frente", declarou o tricampeão mundial. Vettel é o atual líder do campeonato, com 153 pontos, enquanto Hamilton tem 139, em segundo lugar. Cada um venceu três corridas.