Tamanho do texto

O novo W08 Hybrid será conhecido em Silverstone, na Inglaterra, em fevereiro. Equipe ainda busca segundo piloto para atuar ao lado de Hamilton

O novo carro da Mercedes está próximo de ser descortinado
Divulgação
O novo carro da Mercedes está próximo de ser descortinado

A equipe Mercedes, atual tricampeã mundial de Construtores e de Pilotos (duas vezes com o britânico Lewis Hamilton e uma com o alemão Nico Rosberg) de Fórmula 1, irá lançar no próximo dia 23 de fevereiro seu novo carro para a temporada 2017 da principal categoria do automobilismo mundial.

LEIA MAIS: "Quero ser campeão mundial de Fórmula 1", diz filho de Schumacher

O novo W08 Hybrid da Mercedes terá lançamento no tradicional circuito de Silverstone, na Inglaterra, como de costume. O primeiro teste do carro nas pistas acontecerá, no entanto, na cidade de Barcelona, na Espanha, onde todas as outras equipes testam suas máquinas a partir do dia 27 de fevereiro.

Apesar do carro novo já anunciado, a dupla de pilotos da equipe alemã para esta temporada ainda não está fechada. O britânico Lewis Hamilton, tricampeão mundial (2008, 2014 e 2015) continua no time. No entanto, seu companheiro e atual campeão Nico Rosberg, anunciou de forma inesperada sua aposentadoria e nenhum substituto foi confirmado.

LEIA MAIS: Família de Schumacher gasta mais de R$ 20 milhões por ano em tratamento

Tudo aponta, entretanto, que o provável novo piloto da Mercedes seja o finlandês Valtteri Bottas, que deixaria a equipe da Williams para o maior desafio de sua carreira. Caso isso aconteça, o brasileiro Felipe Massa, que também se aposentou ao término da última temporada, deve voltar à pilotar um Fórmula 1.

HISTÓRIA DA EQUIPE

A equipe estreou na F1 em 1954 e foi bem sucedida em seus dois primeiros anos. Mas um grave acidente em 1955 fez com que o time deixasse o esporte e voltasse como fornecedora de motores no início dos anos 1990. Voltou como equipe em 2009, mas chamando Brawn GP e foi campeão naquele ano. No final do mesmo ano passou a se chamar Mercedes GP.

LEIA MAIS: Multicampeão na Moto GP, Rossi "se oferece" para substituir Rosberg na F1

Na história, a Mercedes soma cinco títulos de pilotos e três de construtores. O argentino Juan Manuel Fangio foi bicampeão em 1954 e 1955 e 60 anos depois foi a vez de Lewis Hamilton sagrar-se bicampeão, em 2014 e 2015. Na última temporada, o título foi decidido na última corrida e ficou com Nico Rosberg. Nas últimas três temporadas a equipe levou o mundial de construtores. * Com informações da Agência Ansa