Tamanho do texto

Sabine Kehm avisou que o ex-piloto alemão vai seguir o tratamento em sua casa na Suíça, onde mora desde 2002

Michael Schumacher mora na Suíça e sua assessora negou que ele esteja de mudança para Espanha
Wolfgang Wilhelm/Mercedes-Benz - 23.5.2012
Michael Schumacher mora na Suíça e sua assessora negou que ele esteja de mudança para Espanha

Nesta semana, a revista "L'Illustré" divulgou a informação de que Michael Schumacher estaria deixando sua residência na Suíça , onde está desde 2002, para seguir seu tratamento em uma mansão localizada nos arredores da cidade de Mallorca, na Espanha.

Nesta quinta-feira, porém, a assessora do heptacampeão da Fórmula 1 desmentiu a notícia e informou que o ex-piloto continuará em território suíço. "A família de Schumacher não tem qualquer intenção de se mudar para Mallorca", disse Sabine Kehm numa mensagem enviada à agência AFP.

A prefeita de Andratx, Katia Rouarch , região espanhola onde está localizada a mansão onde Schumi iria morar, foi quem revelou a mudança. "Posso confirmar, oficialmente, que Schumacher vai se instalar em nosso município e que todos estaremos preparados para recebê-lo bem", disse a política.

Leia também: A estratégia financeira da família de Schumi para mantê-lo vivo após o acidente

A suposta nova residência do alemão já pertenceu a Florentino Pérez , atual presidente do Real Madrid. Vale lembrar que o ex-piloto mora na cidade de Gland, na Suíça, onde vem sendo tratado por médicos 24 horas por dia nos últimos anos.

Segundo o diário espanhol "Mundo Deportivo", a mansão em Mallorca foi comprada recentemente pela família do piloto alemão por 30 milhões de euros (R$ 132 milhões) e tem uma área total de 3 mil metros quadrados.

A assessora de Michael Schumacher não deu nenhuma informação adicional sobre o estado de saúde do ídolo da Fórmula 1 .

O acidente de Schumacher

Michael Schumacher ao lado da sua esposa Corinna
Divulgação
Michael Schumacher ao lado da sua esposa Corinna

Em 29 de dezembro de 2013, quando estava de férias na França, o heptacampeão de F1 perdeu o controle de seus esquis e bateu com a cabeça em uma pedra, sofrendo um grave traumatismo craniano, sendo resgatado de helicóptero e levado com urgência para o centro médico de Moutier.

Leia também: O estudo que mantém a esperança de uma vida mais longa a Schumacher

Desde setembro de 2014, Michael  Schumacher  deixou o hospital e recebe tratamento em sua residência, na Suíça. Até hoje, pouco se sabe sobre o verdadeiro estado de saúde do ex-piloto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.