Tamanho do texto

Até o Twitter oficial da F1 fez brincadeiras com a situação em Monza. Pilotos passaram o tempo no video game e batendo uma bolinha. Veja detalhes

A chuva está trazendo problemas para o GP de Monza, marcado para este final de semana. Depois de o terceiro treino livre, neste sábado (02), ter tido apenas 15 minutos de duração  por causa do mau tempo, o treino da Fórmula 1 que define o grid de largada enfrentou um grande atraso. 

Twitter oficial da F1 faz piada com chuva e atraso no treino da Fórmula 1 que define grid para GP de Monza
Reprodução/Twitter/@F1
Twitter oficial da F1 faz piada com chuva e atraso no treino da Fórmula 1 que define grid para GP de Monza


Era tanta água na pista por causa da chuva que até a página oficial da F1 no Twitter já fez uma piadinha sobre o treino da Fórmula 1. Nesta manhã ele postaram uma foto de um barco com Ross Brown no comando e uma bandeirinha da F1 com a legenda: "Ainda está chovendo. Alguém interessado em uma corrida de raft?". 

Entretanto, muitos internautas não gostaram da brincadeira, reclamaram do atraso no post e também disseram que os pilotos estão aí para correr. Mas por mais de duas hora o que se viu foi apenas o safety car dando voltas e voltas na pista molhada de Monza. 

Pilotos passam o tempo

Enquanto isso, pilotos tentaram passar o tempo. Lewis Hamilton fez live no Instagram ao lado de Bottas, outros caminharam pelos boxes e Verstappen até atacou de câmera de TV. Pouco depois, a transmissão oficial mostrou Hamilton e Bottas se divertindo jogando videogame. Já que já que não podem ir para a pista, eles correm no joguinho virtual. Para Felipe Massa, a escolha foi um jogo mais real. Ele aproveitou o tempo para uma rodinha de futebol com os integrantes da Williams.

Leia também: Filho de Schumacher homenageia o pai e se emociona no GP da Bélgica

Hamilton faz transmissão ao vivo nas redes sociais enquanto esperada retomada de treino classificatório na Itáia
Reprodução/Instagram
Hamilton faz transmissão ao vivo nas redes sociais enquanto esperada retomada de treino classificatório na Itáia


Acidente e treino interrompido

O treino classificatório chegou a ser iniciado, mas ainda no Q1, a primeira parte da classificação, Romain Grosjean, da Haas, perdeu o controle do carro e bateu forte. Ele reclamou bastante das condições da pista e, segundo o Twitter da F1, o piloto bateu momentos depois de dizer no rádio que "não conseguia ver para onde estava indo". 

A sessão foi interrompida após o acidente e, também pelo rádio, Grosjean seguiu esbravejando: "Eu disse que era perigoso". Depois, em entrevista aos canais de TV, de acordo com o site "Autosport", o piloto continou reclamando. "Vou tentar ficar calmo e não falar nada que possa me arrepender depois, mas eu acho que não ter deveríamos ter começado o treino classificatório. Reclamei muito dizendo que era perigoso e que não conseguiamos ver nada de onde estávamos. E acho que não sou o único a pensar isso". 

Grosjean bate depois de perder o controle do carro na pista molhada de Monza
Reprodução/Twitter/F1
Grosjean bate depois de perder o controle do carro na pista molhada de Monza


Ele ainda disse que havia muita água na pista e por isso o carro aquaplanou e ele perdeu o controle. "Estou desapontado por termos começado os treinos nessas condições, mas o que eu posso fazer", completou Grosjean. 

Leia também: Pilota de 19 anos quer provar que mulheres podem, sim, competir na F1

Carros na pista e recorde para Hamilton

O treino ficou mais de duas horas e meia parado. Os carros voltaram ao treino às 11h40 (horário de Brasília) quando a chuva deu uma trégua e a pista apresentava melhores condições. 

Mais uma vez, Hamilton foi o mais rápido no treino da Fórmula 1 e garantiu a pole position para o GP da Itália. Com o resultado deste sábado, ele se torna o maior dono de poles na história do esporte, com 69 vezes largando na frente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.