Tamanho do texto

Tomasz Kasperczyk perdeu o controle do seu carro durante uma das curvas do Rali das Ilhas Canárias e só não caiu penhasco abaixo por um milagre

O piloto polonês, Tomasz Kasperczyk, participava do Rali das Ilhas Canárias quando perdeu o controle do seu carro
Reprodução
O piloto polonês, Tomasz Kasperczyk, participava do Rali das Ilhas Canárias quando perdeu o controle do seu carro

Para um piloto de carro de rali, qualquer cálculo errado ou falha em uma manobra pode causar consequências perigosas e com o polonês Tomasz Kasperczyk, que dirigia seu carro ao lado de um co-piloto durante uma das etapas do 41º Rali das Ilhas Canárias, nesta semana, não seria diferente.

Leia também: Piloto espanhol sofre acidente no Dakar e capota em ribanceira; assista

O piloto de 24 anos estava em alta velocidade quando foi tentar fazer uma curva em alta velocidade e perdeu o controle do seu Ford Fiesta al lado de um penhasco. Para a sorte do polonês e do co-piloto, a pista era toda cercada por grade de proteção, que suportou o peso do carro e, de alguma forma, o parou, salvando a vida do motorista e do acompanhante, já que ele cairia em um precipício enorme.

Carro do piloto ficou pendurado por muro de proteção
Reprodução/Twitter
Carro do piloto ficou pendurado por muro de proteção

Kasperczyk dirigia seu Ford no momento e, apesar da colisão, saiu ileso e andando. Quando deixou o carro, logo depois, o polonês de 24 anos levantou uma placa para o helicóptero que o acompanhava com a palavra "ok", querendo dizer que estava tudo bem.

Após sair do carro, piloto tranquilizou os espectadores
Reprodução
Após sair do carro, piloto tranquilizou os espectadores

Leia também: Revista alemã é condenada a pagar R$ 174 mil à família de Schumacher

Assista ao momento da colisão

O Rali

O russo Alexey Lukyanuk foi o grande campeão na competição europeia. Ele ganhou três das quatro corridas realizadas e terminou o rali inteiro em duas horas, seis minutos e um segundp, bem à frente do segundo colocado, o polon}es Kajetan Kajetanowicz, que pilotava também um Ford Fiesta F5.

Leia também: Piloto eslovaco é atingido por raio durante o Rali Dakar na Argentina

O português Bruno Magalhães, com um Skoda Fabia R5, terminou na terceira colocação.

Acidente recente

No início deste ano, durante o conhecido Rali Dakar, o piloto eslovaco Ivan Jakes, competidor da categoria de motos, foi atingido por um raio enquando corria a terceira etapa do evento em Salar Centenario, na Argentina. Na ocasião, mesmo com a alta descarga elétrica, o piloto terminou a disputa em 15º lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.