Tamanho do texto

Brasileiro tem 35 anos de idade e está completando sua 14ª temporada na Fórmula 1, a principal categoria do automobilismo mundial

Felipe Massa anunciou sua aposentadoria da Fórmula 1
Williams/Divulgação
Felipe Massa anunciou sua aposentadoria da Fórmula 1

O piloto brasileiro Felipe Massa anunciou que vai se aposentar da Fórmula 1 ao final da temporada 2016. O anúncio foi feito nesta quinta-feira na cidade de Monza, na Itália, ao lado de Claire Williams, chefe da equipe Williams, seu atual time.

E mais:  Porta-voz defende blindagem a Schumacher e diz que recuperação é contínua

Aos 35 anos de idade, Massa já está na sua 14ª temporada na Fórmula 1 . Como não tem chances de título neste ano, ele vai encerrar sua carreira sem títulos conquistados na principal categoria do automobilismo mundial. 

"A vida nos apresenta muitas escolhas e eu acho que chegou o momento onde eu tenho fazer algo diferente. Talvez você me verá de novo ao volante de um carro de corrida, mas no momento a única certeza que tenho é que eu vou ter um longo tempo para decidir sobre o que fazer no futuro", disse Felipe Massa em coluna do site "Motorsport".

Veja fotos da carreira de Felipe Massa:


Confira:  Imagens inéditas e raras de Senna em mostra desvendam o homem por trás do mito

Até o momento, o brasileiro já tem 242 corridas disputadas na Fórmula 1 e, se participar de todas as oito provas restantes deste ano, vai alcançar 250 grandes prêmios no currículo. No total, Felipe Massa conquistou 11 vitórias, 16 poles e 41 pódios. Além disso, ele também fez 14 voltas mais rápidas.

Estreia e quase título

Felipe Massa fez fez sua primeira corrida na Fórmula 1 em 2002 pela equipe Sauber, onde permaneceu por três temporadas. Em 2006, foi anunciado como piloto da tradicional e poderosa Ferrari.

Felipe Massa ficou 8 anos na Ferrari
Getty Images
Felipe Massa ficou 8 anos na Ferrari

Foram oito anos no time italiano, sendo que Massa construiu uma amizade bem próxima com o alemão Michael Schumacher, mesmo correndo juntos por apenas uma temporada. Depois, o brasileiro teve Kimi Raikkonen como companheiro. 

O melhor ano da carreira de Massa na Fórmula 1 foi o de 2008, quando brigou pelo título até a última corrida da temporada, justamente no GP de Interlagos, em São Paulo, mas ele viu a conquista fugir das suas mãos na última volta, quando Lewis Hamilton ultrapassou Timo Glock, chegou em quinto e frustrou o brasileiro, sendo campeão por apenas um ponto.

Veja:  Ex-presidente da Ferrari diz que "não há boas notícias" sobre Michael Schumacher

Acidente com a mola

Logo depois de quase conquistar o título de 2008, Felipe Massa teve um começo de 2009 complicado, sem grande sucesso nas pistas. A situação piorou quando, no GP da Hungria, foi atingido na cabeça por uma mola que se desprendeu do carro do compatriota Rubens Barrichello - o objeto atravessou o capacete e tirou Massa do restante da temporada.

Em 2014, Felipe Massa trocou de equipe na Fórmula 1 mais uma vez e foi para Williams, tendo um desempenho bem modesto, com poucos pódios e nenhuma vitória conquistada. Nas oito provas restantes da temporada 2016, o piloto brasileiro tentará uma vitória para encerrar a carreira por cima.