Com Fonte Nova lotada, Bahia vence o CSA e assume a vice-liderança da Série B
Futebol Latino
Com Fonte Nova lotada, Bahia vence o CSA e assume a vice-liderança da Série B


Em situações opostas no Campeonato Brasileiro da Série B, Bahia e CSA mediram forças na tarde deste sábado, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com pouco mais que 44 mil torcedores lotando as arquibancadas, o Tricolor mostrou sua força. Aproveitando o momento instável do Azulão, encontrou seu gol ainda na etapa inicial com Igor Torres, fechando a conta em 1 a 0 com direito a muita comemoração.

Com o resultado, a equipe comandada por Enderson Moreira chegou aos 40 pontos, pulando para a 2ª colocação. Já o time comandado por Alberto Valentim, por conta do novo tropeço na competição, acabou estacionando na 17ª posição com seus 20 pontos.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

INÍCIO DE JOGO EQUILIBRADO

Mesmo jogando longe de seus domínios, o CSA, desde os primeiros movimentos, não quis saber de sofrer pressão por parte do Bahia e, assim como o adversário, também lançou-se ao ataque. Porém, era o Esquadrão quem conseguia dar mais trabalho, principalmente pelo lado direito com Copete, exigindo atenção do sistema defensivo do Azulão.

Até meados dos 30 minutos, o panorama em campo era basicamente igual. Apesar do time visitante arriscar algumas descidas, como em chance criada por Diego Renan, era o Tricolor quem ficava mais com a posse de bola, porém ainda sem assustar Marcelo Carné.

DONOS DA CASA ABREM A CONTAGEM

Já na reta final de etapa, o Bahia passou a ditar mais o ritmo em campo, não permitindo que o adversário ficasse muito tempo com a bola. Sendo assim, aproveitando o bom momento no jogo, aos 38 minutos, Igor Torres conseguiu recuperar a posse de bola quase próximo à grande área, arriscando um chute rasteiro que acabou entrando para festa da torcida na Fonte Nova, fechando a etapa inicial com o placar parcial em 1 a 0.

CSA CORRE ATRÁS DO PREJUÍZO

Precisando reverter a situação, o CSA sabia que não teria vida fácil em campo na segunda etapa. Entretanto, apostando em nomes como Elton e Rogério, Alberto Valentim resolveu renovar o gás na frente buscando, ao menos, o empate.

Entretanto, mesmo com as trocas, poucas eram as vezes que o time alagoano assustava. Por outro lado, o Bahia, mais tranquilo em campo, chegou a ter uma baixa importante. Saindo de campo lesionado, Igor Torres, autor do único gol do jogo até então, deixou seu lugar para Vitor Jacaré, para frustração da torcida.

AZULÃO VAI PARA O TUDO OU NADA

Dando rotatividade ao time, Enderson então optou por mudanças no ataque no decorrer da etapa, tirando Rodallega e Copete. Já pelo lado dos visitantes, apesar das últimas apostas de Valentim, praticamente nenhuma surtiu o efeito esperado, fazendo com que o Esquadrão ainda arriscasse mais algumas finalizações até os acréscimos, dando a deixa para a arbitragem colocar um ponto final no duelo na Arena, com direito a muita festa do torcedor local.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1x0 CSA


Data e horário: 06/08/2022 - 16h30 (de Brasília)
Local: Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Werley, 37'/1ºT;

Gols: Igor Torres, 38'/1ºT (1-0);

BAHIA: Mateus Claus; André, Ignácio, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Rezende, Lucas Mugni e Daniel; Igor Torres (Vitor Jacaré, aos 13'/2ºT), Rodallega (Everton, aos 35'/2ºT) e Copete (Davó, aos 29'/2ºT). (Técnico: Enderson Moreira)

CSA: Marcelo Carné; Jonathan (Éverton Silva, aos 17'/2ºT), Werley, Wellington e Douglas (Elton, no intervalo) e Diego Renan; Geovane, Canteros (Lourenço, aos 37'/2ºT) e Gabriel (John Mercado, aos 37'/2ºT); Osvaldo (Rogério, no intervalo) e Lucas Barcelos. (Técnico: Alberto Valentim)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários