Deputado da Alerj fala em CPI da SAF do Vasco e gera repercussão em Assembleia Legislativa do Rio
Lance!
Deputado da Alerj fala em CPI da SAF do Vasco e gera repercussão em Assembleia Legislativa do Rio


Está chegando o dia da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do Vasco . Porém, diversos processos correm na Justiça do Rio de Janeiro para impedir a venda da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Um desses processos foi movido pela Comissão de defesa do consumidor da Alerj (Codecon), na qual o deputado Fábio Silva (União Brasil) preside.

+ Confira da tabela da Série B

Em um vídeo circulado nas redes sociais, o parlamentar afirmou que os torcedores do Vasco estão, supostamente, disseminando fake news . No caso em questão, os vascaínos estariam associando seu nome a um esquema de corrupção.

- Fala aí vascainada nutella. Beleza? Não estou falando de você vascaíno raiz não. Estou falando da vascainada nutella. Estão esparramando fake news . Que vergonha. Ontem saiu uma reportagem no "RJTV" que um Deputado Estadual, um não vários, e os assessores tinham dois cargos. Um no gabinete e outro no cargo público. Isso é proibido, óbvio - declarou o deputado, que também confirmou que vai abrir uma CPI para investigar a SAF do Vasco:

- A vascainada nutella está desesperada e vão ficar ainda mais. Essa rapaziada que fica me xingando e atacando, terça-feira estamos entrando com o pedido de CPI na Alerj. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito será instaurada para investigar a SAF do Vasco. Serão seis meses de investigação. Aí sim veremos se a SAF do Vasco é transparente ou não. Obrigado pelos ataques, você me dão cada vez mais ânimo.

Logo após, o deputado Chiquinho da Mangueira (Solidariedade), que é benemérito do Vasco também se manifestou nas suas redes sociais. O parlamentar questionou as atitudes de Fábio Silva e considera as ação monocráticas.

- Ressalto que é uma equivocada perseguição ao Vasco da Gama, que não irei admitir de maneira nenhuma. É imprescindível que o colegiado da referida Comissão seja convocado, o mais rápido possível, para que tal assunto seja debatido de maneira democrática e sem atropelos - considerou Chiquinho

A venda do futebol do Vasco à empresa 777 Partners está na iminência de acontecer. No decorrer da semana, o clube obteve decisões favoráveis na Justiça, que permitem a realização da AGE e o sigilo dos contratos com a empresa norte-americana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários