Duelo sangrento provoca suspensão médica por tempo indeterminado para Amanda Nunes e Julianna Peña
TATAME
Duelo sangrento provoca suspensão médica por tempo indeterminado para Amanda Nunes e Julianna Peña


Em duelo regado a banho de sangue, Amanda Nunes recuperou o cinturão peso-galo com vitória por decisão unânime sobre Jualianna Peña, que foi parar no hospital. O prejuízo, entretanto, não foi só da norte-americana, pois ambas receberam suspensão médica por tempo indeterminado, segundo publicação do “Texas Department of Licensing and Regulation”, na última terça-feira (2).

O principal confronto do UFC 277 causou um corte profundo na testa de Julianna, que segundo Dana White, presidente do Ultimate, vai precisar de um cirurgião plástico para olhar o ferimento. Vencedora do combate, a “Leoa” chegou à coletiva após a luta com o olho direito bastante inchado e andando com auxílio de muletas.

Estes ingredientes deixaram as atenções do informe médico voltadas para as duas atletas. Com a suspensão por tempo indeterminado, elas só poderão voltar aos treinamentos em suas respectivas equipes depois de passarem por um médico especializado nas lesões que cada uma sofreu.

Mesmo que não apresentem lesões mais complicadas, tanto Julianna como Amanda deverão cumprir de 45 a 60 dias de suspensão médica, tempo mínimo que a Comissão Atlética local estipula aos atletas. Este procedimento foi adotado na vitória de Brandon Moreno sobre Kai Kara-France, no co-main event do UFC 277. Enquanto o primeiro levou gancho de 45 dias, o segundo terá de se afastar das atividades por dois meses.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários