Atuação dos reservas do Flamengo mostra que time chega com força 'em todas as frentes' para a Libertadores
Lance!
Atuação dos reservas do Flamengo mostra que time chega com força 'em todas as frentes' para a Libertadores


O desempenho do Flamengo na goleada sobre o Atlético-GO por 4 a 1 , no último sábado, evidenciou que o time chega para o jogo das quartas da Libertadores com força "em todas as frentes". Mesmo com o time reserva, o Rubro-Negro dominou o Dragão, construiu a vitória ainda no primeiro tempo e nunca perdeu o controle da partida. Assim, ficou claro que o Fla tem um elenco encorpado e forte em todas as posições para brigar pelo tri da competição continental.

> ATUAÇÕES: Victor Hugo leva a maior nota em vitória do Flamengo

PRIMEIRA LINHA DE DEFESA

Nas laterais, os escolhidos de Dorival para enfrentar o Atlético-GO foram Matheuzinho e Ayrton Lucas. Ambos, aliás, foram essenciais na vitória. O lateral-direito - um dos melhores em campo - roubou a bola do Dragão nos dois lances que originaram os primeiros gols do Fla na partida. Ayrton Lucas, por sua vez, também teve boa atuação e ainda deu o lançamento para o belo gol de Victor Hugo.

Já os zagueiros foram Fabrício Bruno e Pablo. Os dois pouco trabalharam por causa do domínio do Fla, que praticamente não deixou o Atlético-GO respirar. Mesmo assim, tiveram uma atuação segura e também contribuíram na saída de bola.

MEIO-CAMPISTAS

O trio de meio mandado a campo foi Diego, Victor Hugo e Vidal. O camisa 10, que vinha de atuações ruins, voltou a ter um bom desempenho. Ele recorrentemente buscou a bola junto aos zagueiros e foi importante na transição da defesa para o campo de ataque.

Já Vidal trouxe intensidade ao setor. Foi fundamental na marcação, acertou mais de 90% dos passes que tentou, deu uma assistência e ainda balançou as redes de Ronaldo. Victor Hugo , por sua vez, foi o grande destaque da noite. Ditou o ritmo do meio-campo, participou das principais jogadas do ataque, também deu uma assistência e marcou um belo gol.

TRIO DE ATAQUE

Em relação aos atacantes, as escolhas foram por Everton Cebolinha, Lázaro e Marinho. O primeiro, que é reforço desta janela, mostrou mais de desenvoltura e também evolução dentro de campo. Quando entrar no ritmo dos companheiros, brigará para ser titular do Fla.

Lázaro, por sua vez, marcou pelo segundo jogo seguido que disputou na temporada. Muito participativo, ele ainda teve duas grandes chances de ampliar a vantagem. Com Marinho não foi diferente: o camisa 31 deixou o seu e foi bastante envolvido nas jogadas do Fla no campo de ataque.

VISÃO DE DORIVAL

A atuação do time também agradou ao técnico Dorival Júnior . Em entrevista coletiva ao fim da partida, o comandante do Fla exaltou a equipe e destacou a intensidade que o time tem apresentado dentro de campo independentemente da escalação.

- A equipe está jogando de maneira intensa, independentemente da formação da equipe que coloquemos. Todos estão entendendo aquilo que está sendo trabalhado, que temos treinado à exaustão. Claro que nos momentos que temos possibilidade de treinar, tentamos fazê-lo com a intensidade necessária - disse Dorival.

- Todos que entram procuram cumprir, principalmente, o posicionamento determinado. Os comportamentos que são necessários para que se executem algumas funções e isso vem acontecendo independentemente dos nomes que vêm atuando. Por isso fico muito satisfeito - completou.

Desse modo, com um grupo em sintonia e intenso em todos setores do campo, o Flamengo vira a chave para a Libertadores. O Rubro-Negro volta a campo nesta terça-feira, às 21h30, para enfrentar o Corinthians na Neo Química Arena. A partida é válida pelo jogo de ida das quartas de final da competição continental e terá transmissão em tempo real do LANCE! .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários