Em mês de decisões, São Paulo busca equação entre busca por título inédito e melhorar desempenho no Brasileirão
Izabella Giannola e Rafael Ribeiro
Em mês de decisões, São Paulo busca equação entre busca por título inédito e melhorar desempenho no Brasileirão


Em mês de decisões complicadas, o São Paulo busca equilibrar a classificação na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, além de tentar reerguer sua moral no Campeonato Brasileiro.

Galeria
> ATUAÇÕES: Luciano marca, Galoppo estreia bem, e Thiago Couto tem redenção em vitória do São Paulo

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro

Já neste domingo (31), enfrenta o Athletico-PR, fora de casa. Para o duelo, além de ter que lidar com uma viagem até o estádio Joaquim Américo Guimarães, a equipe de Rogério Ceni também terá somente dois dias para treina - uma vez que se reapresenta nesta sexta-feira (29), às 15h, no CT da Barra Funda.

Diego Costa, zagueiro do Tricolor, falou sobre prioridades do clube nesta temporada. Vivo em três competições, a cria de Cotia destacou que a meta é manter o foco ideal em todos os jogos.

Com a vitória do Tricolor contra o América-MG nesta quinta-feira (28), a equipe chega com a vantagem de um gol na Arena Independência, para enfrentar o Coelho no segundo confronto válido pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Ao ser questionado sobre a possibilidade da competição ser o principal foco do ano, o jovem defensor negou. A Copa do Brasil, além da alta premiação, seria um título inédito para o time.

De acordo com o camisa 4, todas as competições que o São Paulo disputa são importantes neste ano. O atleta também falou sobre a dura sequência de jogos que o time enfrentará.

De fato, o calendário está apertado. Somente na próxima semana, o Tricolor encontra o Ceará, pela Copa Sul-Americana, e o Flamengo, pelo Brasileirão. Além do jogo de domingo (31), contra o Athletico-PR.

Rogério Ceni também falou sobre este calendário lotado de decisões. Daqui três semanas, volta a jogar com o América-MG, lá na Arena Independência. O treinador destacou que o atual foco deverá ser nas partidas mais próximas, e alegou que o Brasileiro é uma competição 'traiçoeira'.

- Eu falei ao final do jogo para eles, nós temos que lembrar que o Brasileirão é muito traiçoeiro e Copa do Brasil só daqui a três semanas. O jogo de hoje foi muito importante para darmos o start, mas o jogo foi muito ruim, é uma equipe que marca muito pressão, marca o campo todo te dá poucas alternativas talvez não seja nem o sistema preferencial para usar contra eles o que usamos hoje - disse.

- Precisamos ver o que para o próximo jogo, foi importante para quebrar a série de quatro empates seguidos, a vantagem é mínima, mas temos condições de competir novamente lá. Tivemos boas oportunidades de fazer um gol, não podemos esquecer que o América perdeu um pênalti, mas tivemos condições de fazer o segundo gol, estamos vivos, isso é mais importante, vamos para minas fazer o que precisamos para tentar ir à semifinal - completou.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo quebrou um recorde de empates . A equipe chegou a empatar 11 dos 19 jogos da primeira fase da competição nacional.

Segundo levantamento da página 'Anotações Tricolores', nas 20 edições do Brasileirão por pontos corridos, o time nunca havia empatado tanto no primeiro turno quanto agora. O recorde anterior era o da edição de 2018, quando foram acumulados oito empates.

Atualmente, o São Paulo ocupa a décima posição da tabela do Brasileiro, com 26 pontos. Um dos focos do time nesta temporada é terminar o ano em uma posição que o classifique para a Libertadores.

Assim, além do pouco tempo de preparação entre um confronto e outro, o calendário curto e viagens, o clube do Morumbi precisa encontrar o equilíbrio perfeito entre se manter em uma colocação tranquila no Brasileirão, almejar um título continental após mais de dez anos, e uma premiação inédita. Tudo isso pensando nos desfalques e nas lesões, que cada vez mais, acometem os atletas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários