Jogador de 20 anos responde em liberdade por homicídio culposo
Divulgação
Jogador de 20 anos responde em liberdade por homicídio culposo


Após se envolver em um acidente de trânsito que matou um motociclista em Bragança Paulista , interior de São Paulo, o zagueiro Renan precisou se mudar da cidade. O atleta relata que sua família sofreu ameaças na frente do condomínio onde ele morava. A informação é do portal 'UOL'.

Segundo um dos advogados do defensor de 20 anos, as ameaças teriam ocorrido entre a última sexta-feira (22) e sábado (23), período em que o jogador estava detido. Em razão das ameaças, os representantes do zagueiro solicitaram ao foro de Bragança a mudança de endereço de Renan.

O atleta foi indiciado por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - para ser liberado ele teve que pagar fiança de R4 240 mil e entregar à polícia o seu passaporte.


A vítima, o encarregado Eliezer Pena, ia de moto ao trabalho quando foi atingido pelo Honda Civic do jogador, por volta das 6h30 da manhã. Eliezer era palmeirense e deixou mulher e duas filhas.

Além do pagamento da fiança e a entrega do passaporte, a Justiça determinou que Renan deve comparecer em todos os atos do processo. Ele também foi proibido de frequentar bares e casas de shows.

O jogador está emprestado ao Bragantino pelo Palmeiras desde Abril. No entanto, após o acometimento o Massa Bruta decidiu que vai rescindir o contrato de empréstimo com o zagueiro, que seguiria até o final desta temporada.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários