Fedor Emelianenko já escolheu oponente ideal para sua luta de despedida, segundo presidente da Bellator
TATAME
Fedor Emelianenko já escolheu oponente ideal para sua luta de despedida, segundo presidente da Bellator


Prestes a se aposentar, Fedor Emelianenko já escolheu o adversário ideal para seu último confronto, segundo declarou Scott Coker, presidente do Bellator, organização com a qual o russo tem apenas mais uma luta no contrato. O desejo do “Último Imperador” é enfrentar Ryan Bader, atual campeão peso-pesado da franquia norte-americana.

Desde que tomou a decisão de pendurar as luvas, Emelianenko passou a observar diversos pretendentes para enfrentá-lo em sua despedida dos octógonos. Após a realização do Bellator 283, em Washington, o dirigente revelou em conversa com a imprensa que a lenda russa tem intenção de lutar com o norte-americano.

Mesmo sem se comprometer a produzir o embate, Scott Coker deixou claro a dificuldade de negar o pedido e acrescentou que vai conversar com Bader para saber se há interesse em disputar o confronto novamente. Em 2019, o atual campeão peso-pesado da Bellator derrotou Emelianenko por nocaute, ainda no primeiro round, em apenas 35 segundos.

- Essa é uma luta que Fedor realmente quer. Nós tivemos essa conversa. Essa é a última luta do contrato dele. Ele me disse que quer se aposentar. Eu ainda não conversei com Bader sobre isso. É difícil dizer não para Fedor, digamos assim. Nós vamos, definitivamente, pensar nisso. Não tem nada assinado ou nada que esteja iminente. Mas definitivamente, nós vamos ter essa conversa - afirmou Scott Coker.

Com 40 vitórias e seis derrotas em sua carreira, Fedor Emelianenko tem 45 anos e está embalado por duas vitórias seguidas no Bellator. Em seu último confronto, o russo nocauteou Tim Johnson em menos de dois minutos de luta. Nos anos 2000, ele foi campeão peso-pesado do Pride, evento de grande sucesso no Japão, que não existe mais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários