Apoiador do projeto, Eduardo Paes cobra Caixa Econômica sobre estádio do Flamengo no Gasômetro
Lance!
Apoiador do projeto, Eduardo Paes cobra Caixa Econômica sobre estádio do Flamengo no Gasômetro


Após declarar apoio ao projeto de estádio próprio do Flamengo na região do Gasômetro, o prefeito Eduardo Paes voltou a comentar o assunto nesta segunda-feira. Em publicação nas redes sociais, ele reforçou a autorização da prefeitura e cobrou a Caixa Econômica Federal pela doação do terreno.

+ Quem chega e quem sai? Confira o vaivém do mercado no Flamengo

- Bora ajudar o futebol carioca. Rodolfo Landim já conseguiu minha autorização. Só falta a CEF (Caixa Econômica Federal) doar o terreno sem cobrar pelo potencial construtivo! Mas tem que ser de verdade e com “papel passado”. Pronto aqui para ajudar. Contem comigo - postou o prefeito no Twitter.

Mais cedo nesta segunda-feira, em evento na cidade de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro também tocou no assunto do estádio próprio do Flamengo. De acordo com ele, o governo federal vai ajudar o clube rubro-negro na empreitada.

- Dani (Daniella Marques), como está a negociação do terreno da Caixa, do Gasômetro, para o Flamengo, que quer construir seu estádio de futebol? Tratamos desse assunto. Adiantei. Liguei agora há pouco para o comando do Exército Brasileiro, porque, vizinho ao Gasômetro, tem um quartel do Exército. Se for o caso, entra no pacote. Vamos atender ao Flamengo. Estudo de viabilidade está bastante avançado. Sem intermediários. Se aparecer um prefeito aí dizendo qualquer negócio, está mentindo - afirmou Bolsonaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários