Ceni revela: prioridade no São Paulo era zagueiro, mas Galoppo foi 'presente' de patrocinador
Rafael Ribeiro
Ceni revela: prioridade no São Paulo era zagueiro, mas Galoppo foi 'presente' de patrocinador


Giuliano Galoppo já está no Brasil. A expectativa é que o argentino de 23 anos, prestes a ser contratado pelo São Paulo junto ao Banfield por cerca de US$ 6 milhões (aproximadamente R$ 33 milhões), seja apresentado oficialmente terça-feira (26), no CT da Barra Funda. Mas a chegada de uma opção para o meio-campo em meio a um time completamente fragilizado na defesa não causa estranheza ao técnico Rogério Ceni. Nos vestiários após o empate em 3 a 3 com o Goiás , no último sábado (23), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro , o comandante tricolor revelou que o novo reforço foi ofertado pelo misterioso patrocinador.


GALERIA
+ Veja as notas do L! para o time do São Paulo no jogo contra o Goiás


- Nós temos procurado (por zagueiro), mesmo pelas lesões que aconteceram esses dias, com o Arboleda não voltando mais nessa temporada, então a gente concentrou esforços em relação a isso. Mas, quando o patrocinador tem a oportunidade de te dar um jogador, você tem que aceitar ou não. Nesse caso é um patrocinador que está oferecendo essa oportunidade de ter um jogador jovem. Mas dentro das possibilidades do clube, talvez um zagueiro seja a peça mais importante para nós nesse momento.

A situação é conflitante para o treinador. Arboleda, operado, não joga mais neste ano. Leo e Miranda estão em transição física, mas não há garantia de que retornem para o duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil contra o América-MG, quinta-feira (28), no Morumbi.

A sequência impossibilita Ceni de manter uma sequência no setor. Foram quatro escalações diferentes nos últimos cinco jogos. Inclusive com a escalação de Luizão e Beraldo, recém-promovidos do sub-20, e a improvisação de Rafinha para compor a linha de três pela direita.

- Do meio para frente nós não temos muitos jogadores de velocidade, ganhamos o Marcos Guilherme (único reforço do clube até aqui nesta janela). Temos muito mais opções para o ataque. São 20 jogadores do meio para frente. E em um sistema com três zagueiros são cinco vagas. Na parte defensiva são dez, 11 opções apenas. E houveram situações que nós perdemos nossos quatro principais zagueiros.

Sobre a busca por um zagueiro, supostamente prioritária desde o fim de junho, o treinador repete o discurso adotado há tempos: não é fácil encontrar uma peça no mercado. E se gastar e for eliminado. Conversa idêntica a de antes da abertura da janela, quando o clube ainda não tinha garantida a classificação nas copas. A esperança é muito pequena para que chegue alguém para o setor a tempo de se encerrar as inscrições para a Copa do Brasil, na terça.

Sobre Galoppo ainda, Ceni antecipa que a regularização do meia a tempo do fim das inscrições para o principal mata-mata nacional não é garantia de escalação imediata dele.

- Ele não foi anunciado ainda. Eu mesmo já o cumprimentei, vi ele, mas ainda não há uma formalização de assinatura. Se eu digo que é um jogador pronto? Ele é pronto. Mas para entrar no time do dia para noite? É um pouco difícil. Não vi nem um treino dele. Preciso pelo menos ver uma atividade dele para opinar melhor.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários