Com um a menos, Cruzeiro segura o Bahia e chega a 10ª vitória seguida em BH na Série B
Valinor Conteúdo
Com um a menos, Cruzeiro segura o Bahia e chega a 10ª vitória seguida em BH na Série B


O Cruzeiro segue 100% jogando em Belo Horizonte na Série B. A Raposa venceu o Bahia por 1 a 0, gol de Stênio, pela 20ª rodada do Brasileirão da Série B, neste sábado, no Mineirão.

A equipe mineira mantém a distância para os rivais na competição, pois chegou aos 45 pontos nove a mais do que o vice-líder Grêmio e 10 de frente para o terceiro colocado Vasco.


O Tricolor de Aço segue no G4, mas caiu para a quarta posição, com 34 pontos, porém, com boa vantagem para o quinto colocado, Sampaio Corrêa, que tem 28 pontos na classificação.

+ Veja a classificação da Série B

Duelo complexo

A Raposa teve muito trabalho para superar a defesa baiana, que bem postada, segurou os mineiros na maior parte do jogo. O Cruzeiro ainda ficou sem Eduardo Brock, expulso, o que dificultou ainda mais a missão celeste para sair com os três pontos.

Stênio salvou o dia

O atacante voltou a ficar à disposição do time esta semana após um período na Europa e fez o gol que garantiu a 10ª vitória celeste em casa e a manutenção da grande vantagem para os rivais.

100% de aproveitamento com mandante

A liderança do Cruzeiro na Série B tem o retrospecto como mandante entre os destaques. São 10 jogos: 10 vitórias, 16 gols marcados e dois sofridos.

Próximos jogos

A Raposa entra em campo no próximo sábado, 30 de julho, contra o Brusque, em Santa Catarina. O Bahia encara o Náutico na sexta-feira, 29, na Fonte Nova.

F ICHA TÉCNICA DA PARTIDA
CRUZEIRO 1 X 0 BAHIA

Data: 23/07/2022 (sábado)
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Johnny Barros de Oliveira (SC)
Gol: Stênio (1-0), aos 21’-2ºT
Cartões amarelos: Neto Moura(CRU)
Cartão vermelho: Eduardo Brock(CRU)

Público: 49 066 presentes/ R$ 1 641 181, 04

CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Zé Ivaldo,Filipe Machado e Eduardo Brock; Geovane Jesus, Pablo Siles(Wagner Leonardo, aos 24’-2ºT), Neto Moura(Pedro Castro, aos 13’-2ºT) e Matheus Bidu; Luvannor (Stênio, aos 12’-2ºT), Bruno Rodrigues(Breno, aos 30’-2ºT). e Edu (Léo Pais, aos 31’-2ºT)


BAHIA (Técnico: Enderson Moreira)

Danilo Fernandes; André (Igor Torres, aos 28’-2ºT), Gabriel Xavier, Didi, Luiz Otávio e Matheus Bahia(Vitor Jacaré, aos 32’-2ºT); Rezende, Lucas Mugni(Rodallega, aos 28’-2ºT) e Daniel; Raí Nascimento (Copete, aos) e Davó (Gregory, aos 38’-2ºT)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários