Yuri Alberto nega nervosismo na estreia pelo Corinthians e valoriza apoio da torcida: 'Um jogador a mais'
Rafael Marson
Yuri Alberto nega nervosismo na estreia pelo Corinthians e valoriza apoio da torcida: 'Um jogador a mais'


Yuri Alberto enfim estreou pelo Corinthians. Na vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, pela décima oitava rodada do Brasileirão , o novo camisa 7 do Timão iniciou como titular e ficou em campo até o apito final.

+ GALERIA - Balbuena voltou! Relembre todos os gols do zagueiro pelo Corinthians

Mesmo sem balançar as redes, o atacante teve contribuição positiva na partida, sendo bastante acionado no ataque. Ele lamentou não ter marcado em sua primeira partida pelo clube alvinegro, e se mostrou contente por ter conseguido controlar a ansiedade da estreia.

- Atacante sempre quer fazer gol, é instinto. Toda hora que eu virava, tentava encaixar uma finalização. Infelizmente o gol não saiu hoje, mas vou continuar trabalhando para que naturalmente saia. Foram dois meses sem participar de um jogo, essa ansiedade, pude controlar muito bem. Quando fazia minhas estreias nos times anteriores, ficava nervoso, mas fiquei feliz que consegui controlar minha ansiedade e pude fazer um grande jogo - afirmou Yuri na zona mista.

A estreia não foi o primeiro contato de Yuri com a Fiel pois o atleta tinha sido apresentado ao torcedor corintiano no treino aberto feito pelo clube após a classificação às quartas de final a Libertadores.

Mesmo assim, ele destacou o comportamento da torcida, especialmente após o Coxa empatar a partida com Castan no segundo tempo.

- Diferente. Foi uma festa linda que fizeram no treino aberto, na minha apresentação, agradeço demais pela recepção. Durante o jogo é diferente, a gente toma um gol e a torcida grita ainda mais, a gente consegue virar o jogo. Esse um jogador a mais para nós é importante - ponderou.

+ TABELA - Veja datas e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

O camisa 7 jogou ao lado de Róger Guedes e Willian no ataque corintiano. Ele se mostrou satisfeito com a parceria e disse que o trio ainda pode evoluir.

- São dois grandes jogadores, para mim é um sonho viver esse momento, em um clube como esse. Jogadores como Willian, Róger. A gente fez boas combinações, se Deus quiser durante os próximos jogos vamos pegar entrosamento para sair mais gols - comentou.

Yuri Alberto também analisou o comportamento do time, que soube se adaptar a marcação em bloco baixo do Coritiba.

- Temos que nos adaptar durante o jogo, a gente viu que a linha do Coritiba estava muito baixa, a gente tinha que flutuar nas costas dos volantes. Esse jogo encaixou bem, fizemos grandes jogadas que quase saíram em gols. A gente vai fazendo esse rodízio, tivemos um bom entrosamento e espero que melhore nos próximos jogos - concluiu Yuri Alberto.

O Timão entra novamente em campo no dominho (24), às 18h, contra o Atlético-MG, no Mineirão, pela rodada final do turno do Brasileirão.

Yuri em ação contra o Coxa (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários