Lisca deixou o comando do Leão da Ilha
Anderson Stevens / Sport
Lisca deixou o comando do Leão da Ilha

A troca do Sport pelo Santos feita pelo técnico Lisca segue repercutindo nos programas esportivos. O comandante pediu para deixar o clube pernambucano três semanas após ser anunciado. Nesta terça-feira, no 'Seleção SporTV', o narrador Gustavo Villani (confira galeria de fotos abaixo)  criticou a postura do treinador durante a negociação.


- Eu não gostei, da postura, da conduta, de como conduziu. Acho legítimo trocar de emprego, em qualquer segmento. Antes da bola rolar, falou que ia comentar o assunto depois. Aí chegou na coletiva e falou que o assunto não existia. Agora ele admite o interesse de assumir. Então o assunto sempre existiu - começou Villani.

- Todo mundo era otário, imprensa dando notícia, e ele se fazendo de cínico. Lisca conhece futebol, admiro profissionalmente o trabalho dele. A maneira como ele conduziu foi covarde com quem estava na sala de imprensa. Foi omisso e mentiu. Deu uma de João sem braço para a torcida do Sport quando o negócio já estava em andamento - completou.

Lisca pediu demissão dos últimos dois trabalhos que teve antes do Sport, no Vasco e no América-MG. O treinador comandou o clube pernambucano na última segunda-feira e foi vaiado pela torcida. O técnico de 49 anos também já somou passagens por Ceará, Criciúma, Guarani, Paraná, Internacional, Joinville, Náutico, Sampaio Correa e Juventude.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários