Flamengo cobra explicações da CBF sobre ´polêmica´ no sorteio da Copa do Brasil
Lance!
Flamengo cobra explicações da CBF sobre ´polêmica´ no sorteio da Copa do Brasil


Um caso "polêmico" aconteceu no fim do sorteio da Copa do Brasil nesta terça-feira. Pelo menos, para o Flamengo . Na hora da definição dos mandos de campo, o clube carioca teve a posição invertida com o Athletico-PR e acabou sendo sorteado para definir o confronto das quartas de final fora de casa, em Curitiba.

+ Cebolinha e Vidal em campo: veja imagens do treino do Flamengo nesta terça-feira

A mudança ocorreu para evitar que Flamengo e Fluminense ficassem na mesma posição no sorteio de mandos. Mesmo assim, a falta de clareza causou estranhamento e revolta nos dirigentes do Flamengo presentes na sede da CBF. Cacau Cotta, diretor de relações externas do clube, ficou no local após o fim do sorteio em busca de explicações por parte da organização.

A diretoria rubro-negra também entende que, como são duas datas disponíveis para os jogos de volta das quartas de final, não haveria motivo para inverter o mando. Daria para o Flamengo usar o Maracanã na quarta-feira e o Fluminense na quinta-feira, por exemplo.

O regulamento da competição, no entanto, garante um mecanismo para evitar que clubes usem o mesmo estádio na mesma semana da Copa do Brasil. Como o Fluminense foi sorteado primeiro no sorteio, coube ao Flamengo inverter de posição antes do sorteio do mando.

+ Fla encara Athletico nas quartas: veja datas, premiação e chaveamento

Neste sorteio do mando de campo, uma bola ímpar (9) decidiu que o Flamengo abrirá o confronto contra o Athletico em casa e decidirá fora. O Fluminense, por sua vez, joga a partida de ida contra o Fortaleza no Castelão e decide em casa, no Maracanã.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários