CBF diz que linha de impedimento de Palmeiras x São Paulo não pode ser traçada: 'Máquina resetada'
Lance!
CBF diz que linha de impedimento de Palmeiras x São Paulo não pode ser traçada: 'Máquina resetada'


O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Luiz Seneme, afirmou, em entrevista ao "ge", que a linha de impedimento pedida pelo Palmeiras no lance que gerou o gol do São Paulo, na Copa do Brasil , não poderá ser traçada.

GALERIA

> Veja 60 jogadores do Brasil que já podem assinar pré-contrato

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

– Não é possível traçar a linha, porque este jogo fica por um período na máquina. E segundo a informação da empresa, quando a máquina vai ser usada novamente, ela precisa ser resetada. E isto foi resetado – resumiu Seneme, ao " ge".

A entidade admitiu ao clube alviverde um erro no protocolo do VAR que, na ocasião, não checou se a posição do atacante Calleri, no lance que acabou em penalidade a favor do Tricolor, era irregular ou não.

Com a resposta da confederação, o Verdão enviou um novo ofício pedindo para que a linha fosse traçada, na intenção de obter mais transparência no futebol brasileiro. O próprio técnico são-paulino, Rogério Ceni, falou da importância de tirar o lance a limpo.

Ao justificar a falta da linha e a ausência de nova resposta ao Palmeiras, Seneme explicou que o foco agora será no trabalho com os árbitros para que casos como este não se repitam.

– Estamos treinando para melhorar isto. Não havia treinamento antes aqui. A gente está chegando e incluindo treinamentos, simuladores. Para evitar este tipo de situação que não é agradável para ninguém – explicou o presidente da Comissão de Arbitragem.

Vale lembrar que os árbitros de vídeo Emerson de Almeida Ferreira e Marcus Vinicius Gomes, que trabalharam no Choque-Rei, foram retirados da escala da CBF para a 17ª rodada do Brasileirão e enviados ao Programa de Assistência ao Desempenho de Arbitragem (Pada).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários