Vivo nas três frentes de disputa, São Paulo mantém discurso de não priorizar disputas na temporada
Rafael Ribeiro
Vivo nas três frentes de disputa, São Paulo mantém discurso de não priorizar disputas na temporada


Mesmo com jogadores contundidos, vendidos e somente uma contratação confirmada até agora para a abertura da janela de transferências, na segunda-feira (18), o São Paulo conseguiu se manter vivo nas três competições que disputa na temporada. Apesar do elenco curto, contudo, o clube vai continuar evitando priorizar algumas das disputas para o restante do ano. O pensamento, segundo o técnico Rogério Ceni, é 'viver um dia de cada vez'.


GALERIA
+ ATUAÇÕES: Jandrei salva o São Paulo nos pênaltis, se vinga de arquirrival e define classificação às quartas da Copa do Brasil


- Minha perspectiva é sempre a de ganhar o próximo jogo - resumiu Ceni após eliminar o Palmeiras nas oitavas de final da Copa do Brasil, em pleno Allianz Parque, na quinta-feira (14).

Mais do que simplesmente 'jogar para a galera', o comandante são-paulino pensa, junto com a diretoria, que apostar as fichas em uma só competição pode 'amolecer' o elenco. É tudo o que a cúpula tricolor não quer, segundo o LANCE! apurou, para a equipe se mantenha entre os primeiros no Campeonato Brasileiro, competição onde o objetivo é não correr riscos de rebaixamento.

- Você quer botar sua força nas copas? Tem que poupar no Brasileiro. Mas os jogos são de três em três dias. Não há possibilidade ou não há como correr o risco de perder mais jogadores. Então são escolhas. As pessoas às vezes se sentem magoadas, mas eu falo a verdade. Se jogar quinta, domingo, quarta e sábado, é impossível, ainda mais com viagem no meio. Eu digo sempre que o Brasileiro é o mais importante pois é o único que você tem certeza da ultima rodada. E nós passamos por uma situação bem desagradável ano passado, que foi difícil reverter a situação que vinha, em ladeira muito abaixo, com cara de rebaixamento. O torcedor precisa entender, é melhor perder um jogador por um jogo do que por oito.

O São Paulo só volta a pensar em copas no dia 3 de agosto, quando faz o duelo de ida das quartas de final da Sul-Americana ante o Ceará, no Morumbi. Terça-feira (19), conhecerá o adversário na mesma fase da Copa do Brasil.

Até lá, entretanto, serão seis partidas pelo Brasileirão. Onde Ceni ainda luta com as contusões do elenco. Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Luan (cirurgia no adutor esquerdo) e Caio (cirurgia no joelho direito) são desfalques certos para a maratona. Reinaldo (estiramento no adutor direito), Colorado (transição após
lesão no reto femoral direito) e André Anderson (dores musculares) podem reaparecer em breve.

Fora isso, o Tricolor vendeu Gabriel Sara ao Norwich, da Inglaterra, e Rigoni está próximo de ir atuar no futebol dos EUA. Somente Marcos Guilherme foi contratado oficialmente até agora.

- Se nós temos elenco para tocar as três competições? Eu com toda a sinceridade acho bem difícil. Agora, se nós não tivéssemos todos aqueles caras lesionados, certamente estaríamos em uma situação mais confortável - ponderou Ceni.

Diante desse cenário, o comandante tricolor é enfático: não há como priorizar disputas. E por isso - e pelas receitas que as competições geram -, a tática do 'jogo a jogo' será mantida. Para quem sabe colher frutos mais maduros ao final da temporada.

- Agora posso dizer que o São Paulo é um dos oito favoritos na Copa do Brasil (risos). Se nós vamos ser campeões esse ano? É uma tarefa bem difícil. Se nós vamos brigar todos os jogos? O torcedor, por esse jogo contra o Palmeiras, entende que nós vamos procurar fazer sempre o nosso melhor e tornar o São Paulo cada vez mais competitivo, para que o São Paulo possa ficar cada vez mais forte, ficar entre os três, quatro primeiros do futebol brasileiro.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários