Rodriguez vence luta principal do UFC Long Island após lesão no ombro de Ortega
TATAME
Rodriguez vence luta principal do UFC Long Island após lesão no ombro de Ortega


A tarde de sábado (16) foi animada com o UFC Long Island, em Nova York (EUA). O evento contou com grandes performances e atuações, mas o main event virou um anticlímax. Ainda no primeiro round entre os pesos penas, Brian Ortega foi escapar de uma chave de braço – que ainda não estava bem encaixada – e acabou deslocando o braço. A vitória então ficou com Yair Rodriguez por nocaute técnico.

O Brasil saiu com um retrospecto de 50% de aproveitamento do UFC Long Island. No co-main event, Amanda Lemos teve uma atuação segura contra Michelle Waterson-Gomez e finalizou a adversária no segundo assalto. Já Herbert Burns acabou sendo derrotado por Bill Algeo.

Rodriguez vence e pede title shot

A luta entre Yair Rodriguez e Brian Ortega no peso-pena era cotada para ser uma das melhores de 2022 – além de ser uma espécie de semifinal para disputar o cinturão com o campeão Alexander Volkanosvki. O duelo começou com “T-City” optando pela luta agarrada, enquanto o lutador de origem latina tentava se desvencilhar.

Quando a luta foi para o chão, Rodriguez encaixou uma chave de braço, que ainda não estava justa, mas ao tentar sair, Ortega forçou o braço e acabou deslocando o ombro. Imediatamente, o lutador pediu para encerrar o combate. “Pantera” foi declarado vencedor da luta e pediu, ainda no cage, para desafiar o campeão dos penas.

Amanda Lemos finaliza Watterson

O primeiro round do co-main event do UFC Long Island teve Amanda Lemos controlando a distância em pé e conectando os melhores golpes, mas a americana derrubou já na reta final. No entanto, Michelle Waterson-Gomez não foi efetiva. Já no segundo assalto, Michelle tentou derrubar novamente, mas a paraense pegou o pescoço da adversária e encaixou uma guilhotina.

A posição estava justa e Waterson-Gomez deu os três tapinhas, mas o árbitro Kevin MacDonald não viu. Amanda soltou e a americana, mostrando fair play, confirmou que tinha desistido. A peso-palha brasileira se recupera da derrota para Jéssica Bate-Estaca em abril deste ano, enquanto a norte-americana conhece o segundo revés seguido.

Herbert sente joelho e é derrotado

Retornando após dois anos afastado por conta de lesão, Herbert Burns começou bem a luta e adotou a estratégia de usar o grappling. O brasileiro chegou próximo de finalizar, mas não conseguiu capitalizar. No segundo round, Bill Algeo passou a controlar mais a luta e Herbert estava visivelmente sentindo a lesão no joelho. O árbitro Keith Peterson interrompeu.

Oriundo do Contender, Burns agora tem quatro lutas e 50% de aproveitamento no UFC. Já Algeo registra a segunda vitória seguida após atuação no UFC Long Island.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC Long Island
Long Island, em Nova York (EUA)
Sábado, 16 de julho de 2022

Card principal

Yair Rodríguez derrotou Brian Ortega por nocaute técnico (lesão) no 1R
Amanda Lemos finalizou Michelle Waterson com uma guilhotina no 2R
Li Jingliang derrotou Muslim Salikhov por nocaute técnico no 2R
Matt Schnell finalizou Su Mudaerji com um triângulo no 2R
Shane Burgos derrotou Charles Jourdain por decisão majoritária dos jurados
Lauren Murphy derrotou Miesha Tate por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Puna Soriano derrotou Dalcha Lungiambula por nocaute técnico no 2R
Ricky Simón finalizou Jack Shore com um triângulo no 2R
Bill Algeo derrotou Herbert Burns por nocaute técnico (lesão) no 2R
Dustin Jacoby derrotou Da Un Jung por nocaute técnico no 1R
Dustin Stoltzfus derrotou Dwight Grant por decisão unânime dos jurados
Emily Ducote derrotou Jessica Penne por decisão unânime dos jurados

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários