Palmeiras anuncia o retorno de Ricardo Belli ao comando do time feminino
Lance!
Palmeiras anuncia o retorno de Ricardo Belli ao comando do time feminino


O Palmeiras anunciou na última sexta-feira o retorno do técnico Ricardo Belli para o comando do time feminino de futebol. Treinador com o maior número de jogos à frente das Palestrinas na história, Belli teve sua primeira passagem pelo clube entre 2019 e 2021. No total, o comandante conta com um retrospecto de 76 jogos, 42 vitórias, 16 empates e 18 derrotas. O Alviverde lidera o Brasileirão .

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão Feminino-2022

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Cerca de três semanas após a saída de Hoffman Túlio, a diretoria palmeirense fechou a contratação desse velho conhecido, que treinou a equipe até novembro do ano passado e estava comandando o sub-20 do Ituano antes de retornar ao Verdão.

- Estou muito feliz e motivado, pois o Palmeiras é a minha casa. Quando iniciaram as conversas para esse possível retorno, eu estava empregado, mas esperei o desfecho das negociações e deu tudo certo. Agora é trabalhar duro porque temos muitas coisas para conquistar - comentou o técnico de 35 anos.

Belli destacou como fator positivo a manutenção da base do elenco do ano passado para esta temporada e a chegada de reforços importantes. Isso é um trunfo para a chegada do comandante.

- Além das atletas que eu treinei, conheço todas as que foram contratadas, tanto por jogar contra quanto por estudá-las. Nós estamos falando de jogadoras de elite, inteligentes, que gostam de treinar e jogar de uma forma muito intensa. Isso é o Palmeiras, intensidade altíssima sempre e, por isso, estou muito confiante em tudo que iremos fazer juntos - concluiu.

Entre as conquistas do treinador pelo Verdão estão as taças da Copa Paulista em 2019 e em 2021 e o vice-campeonato no Brasileiro Feminino 2021, que rendeu a vaga inédita na Libertadores, a ser disputada em outubro deste ano, no Equador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários