'Tenho vontade de escrever meu nome no São Paulo', aponta Igor Gomes após pênalti decisivo
Rafael Ribeiro
'Tenho vontade de escrever meu nome no São Paulo', aponta Igor Gomes após pênalti decisivo


Contestado pela torcida, mas com status de peça-chave no São Paulo com o técnico Rogério Ceni , o meia Igor Gomes deixou o Allianz Parque na última quinta-feira (14) festejado após fazer história como o responsável por converter o pênalti decisivo ante o Palmeiras que classificou o Tricolor às quartas de final da Copa do Brasil .


GALERIA
+ ATUAÇÕES: Jandrei salva o São Paulo nos pênaltis, se vinga de arquirrival e define classificação às quartas da Copa do Brasil


Nos vestiários após a partida, Gomes revelou uma conversa com o pai após a decisão por pênaltis e foi além, dizendo que pediu para fechar a série de penalidades ante o rival alviverde e que um de seus objetivos é 'escrever o nome' no clube do coração.

- Meu pai me ligou, me mandou uma mensagem e falou: ‘P** moleque, você quer me matar. Você vai ser o quinto?’. Eu falei: ‘Pai, me desculpa, mas ali é onde eu mais me sinto vivo’. Essa determinação, essa vontade de resolver...eu tenho vontade de escrever meu nome do São Paulo, meu clube do coração.

Mostrando estar predestinado a grandes feitos, o meia apontou que não teve medo dos pênaltis e ainda apontou que gostou da sensação de ir para a cobrança.

- Surgiu a oportunidade uma forma natural, e eu não fugi. É fruto do meu trabalho, do meu dia a dia. Eu não gosto muito de falar disso. Mas a caminhada de onde eu estava até a bola um dos momentos mais gostosos que um jogador pode viver, além da comemoração.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa do Brasil-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários