Responsáveis pelo VAR de Palmeiras x São Paulo são removidos de escala da CBF
Lance!
Responsáveis pelo VAR de Palmeiras x São Paulo são removidos de escala da CBF


Após polêmicas no clássico entre Palmeiras e São Paulo, pela Copa do Brasil , o árbitro de vídeo Emerson de Almeida Ferreira, e o assistente Marcus Vinicius Gomes, foram removidos da escala de arbitragem do Brasileirão .

GALERIA

> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

Na 17ª rodada do nacional de pontos corridos, os responsáveis pelo VAR do Choque-Rei iriam exercer a mesma função na partida entre Athletico-PR e Internacional, mas foram substituídos para avaliação de desempenho técnico.

O informativo de que a equipe seria removida da escala partiu da CBF e foi assinado por Wilson Luiz Seneme, chefe de comissão da arbitragem da entidade.

O quadro de árbitros do clássico pelas oitavas da Copa do Brasil foi alvo de inúmeros protestos por parte do Palmeiras, que enviou uma representação à instituição nesta sexta-feira (15) como forma de repúdio.

Uma das alegações feitas pelo clube alviverde foi a ‘falta de critérios’ de Leandro Pedro Vuaden, árbitro do jogo, e da equipe do VAR, comandada por Emerson de Almeida.

O técnico Abel Ferreira, inclusive, questionou a marcação de um pênalti a favor do São Paulo e uma penalidade não marcada em Dudu.

Ainda no lance do pênalti marcado contra o Alviverde, imagens que apontam um suposto impedimento de Calleri na origem da jogada circularam nas redes sociais após a partida.

Vale lembrar que os áudios de comunicação entre Vuaden e Ferreira não foram divulgados passadas 24 horas do término da partida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários