Fluminense envia ofício para investigar conduta de policiais de Minas em jogo contra o Cruzeiro
Lance!
Fluminense envia ofício para investigar conduta de policiais de Minas em jogo contra o Cruzeiro


O Fluminense encaminhou, na manhã desta sexta, um ofício ao Comando Geral da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais para apurar a conduta de policiais com torcedores do clube no jogo contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela Copa do Brasil.

O Tricolor alegou, em documento oficial, que os policiais “se utilizaram de força desproporcional e excessiva no tratamento dispensado aos torcedores do Fluminense que compareceram ao estádio, mesmo em situações nas quais os torcedores não apresentaram qualquer comportamento agressivo”.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

Além disso, o clube carioca encaminhou links de matérias publicas na imprensa com imagens das redes sociais sobre o comportamento dos policiais. Ainda no ofício, o clube manifestou publicamente repúdio aos atos de alguns agentes e se colocou “à disposição para eventuais esclarecimentos que se façam necessários”.

Vale destacar que torcedores de Fluminense e Cruzeiro entraram em conflito momentos antes da bola rolar pelo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O clima ficou ainda mais quente quando uma bomba foi arremessada na divisão entre os dois lados.

Na ocasião, a polícia utilizou bombas e gás de pimenta em direção ao lado tricolor na tentativa de conter a confusão. Entre as pessoas que estavam no local haviam mulheres, homens, idosos e até uma mãe com o bebê. Logo depois, médicos foram ao setor para atender os torcedores.

+ Samuel Xavier comenta fase ofensiva e afirma que Fluminense briga por título: 'Sonhamos com isso'

O Fluminense volta a campo no próximo domingo, às 16h, para medir forças com o São Paulo, no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão. Embalado, o Tricolor busca encostar de vez no líder Palmeiras para virar o turno nas primeiras colocações e lutar pelo título.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários