Empresário Wagner Ribeiro paga parte da pensão para não ser preso
Lance!
Empresário Wagner Ribeiro paga parte da pensão para não ser preso


Notificado pela Justiça sobre uma dívida de pensão alimentícia no início da semana, o empresário Wagner Ribeiro chegou a um acordo com a ex-companheira. De acordo com o 'UOL', o agente esportivo, que já participou de negociações de craques como Neymar e Kaká, pagou parte do valor para não ser preso.

+ Saiba quem é a modelo que expôs troca de mensagens com Neymar e convite para visitar Paris

- Passamos a tarde de hoje negociando a dívida e por conta do bom senso de todos foi possível chegar em um acordo. Este desfecho foi melhor para todos, em especial, para os filhos do Wagner, que são o motivo dele viver - afirmou Marina Dinamarco, advogada do empresário.

+ Ex-jogador do Corinthians ganha emprego em fábrica após luta contra dependência química

Segundo o portal, Wagner já pagou mais da metade do valor, que é de R$ 641 mil, e quitará o restante em parcelas. O pedido foi expedido no último dia 6 de julho pela 2ª Vara Cível de São João da Boa Vista. Caso não chegasse a um acordo, Ribeiro poderia ser detido por 30 dias.

+ Fenômeno, Zanetti, Petkovic... Lista de craques no documentário de Adriano Imperador é 'pesada'

- Finalmente conseguimos um acordo, depois de uma negociação tensa. E agora a gente espera que ele cumpra com os pagamentos do acordo e da pensão dos filhos - comentou Rodrigo Silveira, advogado da ex-companheira de Wagner Ribeiro, com quem o agente tem dois filhos menores de idade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários