Confira a entrevista com o treinador Ramon Gomes, do Cruzeiro FA, antes da decisão do Minas Bowl
Henrique Frederico - Valinor Conteúdo
Confira a entrevista com o treinador Ramon Gomes, do Cruzeiro FA, antes da decisão do Minas Bowl


No próximo sábado (16/7), às 16h, o Cruzeiro FA enfrenta o Galo FA, no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima-MG, buscando o segundo título da sua história. E a Agência Valinor Conteúdo conversou com o treinador celeste Ramon Gomes para falar sobre a decisão e como o time azul e branco vai tentar superar o arquirrival, que é apontado por especialistas do esporte da bola oval como o grande favorito ao título.

Além deste grande desafio, Ramon Gomes superou outro neste ano. O treinador assumiu o comando celeste após a saída do head coach norte-americano Marcus Herford em maio passado, após aceitar a proposta de um time alemão.

Ramon Gomes tem bastante história com Betimg Bulldogs que no ano passado fez a parceria com o Cruzeiro. Em 2016, ele foi o primeiro head coach da equipe e nos anos seguintes ajudou o time a se classificar para os playoffs dos campeonatos Mineiro e Brasileiro. Com a pandemia do Covid 19 ele deixou a equipe, mas foi convidado a retornar ao time interinamente até o final do Campeonato Mineiro com a saída de Marcus Herford.

Nesta conversa, Ramon Gomes fala sobre a decisão do Minas Bowl, o favoritismo do arquirrival, a emoção do título do Gerais Bowl no mês passado e a expectativa do time celeste para o brasileiro promovido pela CBFA.

Confira a entrevista na íntegra com o treinador do Cruzeiro FA:

O Galo FA é favorito para o Minas Bowl. O que o Cruzeiro FA pode fazer para surpreender o rival?

Estamos fazendo um trabalho com estudo de vídeo, procurando as deficiências do Galo FA para buscar surpreendê-lo.

Quais são os principais cuidados que o Cruzeiro FA deve ter contra o adversário?

O time deles apresentou um jogo aéreo bem forte. Vamos ter atenção com esse ponto forte deles.

Jogar no estádio Castor Cifuentes, que tem sido a casa do Galo FA, é uma grande desvantagem para o Cruzeiro FA?

Não vejo isso como diferença, pois como os dois times são da mesma região, não existe o fator viagem contra nenhuma das equipes.

Você teve um grande desafio de assumir o Cruzeiro FA após a saída do treinador norte-americano Marcus Herford. Como foi a experiência de dar continuidade a um projeto em andamento e a responsabilidade de dirigir o Cruzeiro FA?

O coach Marcus Herford fez um excelente trabalho. Como estávamos no meio do campeonato utilizamos a base do trabalho dele e demos prosseguimento junto com a comissão técnica para o restante da competição.

Como foi para você dar o primeiro título da história do Cruzeiro FA, que foi o Gerais Bowl há cerca de um mês?

Foi algo sensacional. Em tão pouco tempo começar o projeto do Futebol Americano com o Cruzeiro com um título, nos dá uma confiança, para alcançar novos patamares. Foi um trabalho de entrega, principalmente, por parte dos atletas.

Na sua opinião, como o Cruzeiro FA vai entrar no Brasileiro promovido pela CBFA?

O time está em uma ótima fase e em ascensão, tendo conquistado cinco vitórias consecutivas. Os jogadores estão motivados. Sabemos que são adversários difíceis, mas o Cruzeiro FA está pronto para fazer um excelente campeonato.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários