Turco Mohamed admite Flamengo superior, mas crê em recuperação do Atlético-MG: 'Sempre confiei'
Filipe Sodré - Valinor Conteúdo
Turco Mohamed admite Flamengo superior, mas crê em recuperação do Atlético-MG: 'Sempre confiei'


A noite desta quarta-feira marcou a primeira desclassificação da "Era Turco Mohamed" no Atlético-MG. Jogando no Maracanã, o Galo foi derrotado por 2 a 0 ante o Flamengo e caiu, nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Apesar de campeão do Campeonato Mineiro e da Supercopa do Brasil, o técnico argentino é preterido por grande parte da torcida. Mesmo assim, a diretoria atleticana o mantém no cargo, na expectativa de um título brasileiro ou da Libertadores, agora competições que restam à equipe.

Após a eliminação, Turco Mohamed concedeu entrevista coletiva normalmente. O treinador, apesar de lamentar, reconheceu uma melhor atuação do Flamengo, no Rio de Janeiro.

"“Flamengo foi muito melhor. Teve uma melhor noite. A equipe (Atlético-MG) jogou muito mal. Hoje estamos superados. O Flamengo foi justo ganhador.”, declarou.

Entretanto, em outo momento da coletiva, Tony Mohamed ressaltou que confia plenamente no elenco o qual dirige. Para ele, é necessário trazer à tona fatores psicológicos e físicos, que estão abaixo no time mineiro.

"Sempre confiei neste time. Tem que resgatar a parte psicológica, e também a parte física. Nas duas situações estamos abaixo, e teremos que recuperar isso. Essa é a verdade. No fim de semana temos que voltar a ganhar, para buscar a liderança do Brasileirão.”, complementou.

Para chegar à liderança do Campeonato Brasileiro já na próxima rodada, é necessário, primeiro que o Atlético-MG vença o Botafogo, no Rio de Janeiro. Em segundo plano, terá que torcer contra equipes que estão a frente, ou seja, Palmeiras, Corinthians e Internacional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários