Serena esnoba centenário de Wimbledon, após se irritar com torneio
TÊNIS NEWS
Serena esnoba centenário de Wimbledon, após se irritar com torneio


De acordo com o Yahoo! Sports, a ex-número 1 do mundo e atual 407ª, Serena Williams, optou por esnobar a celebração dos 100 anos da Quadra Central de Wimbledon, após ter um pedido negado pela organização do torneio.

Heptacampeã de Wimbledon, Serena Williams teria feito o pedido a organização de Wimbledon para fazer uso dos cinco carros de cortesia que o torneio disponibiliza para seus campeões em competição.

De acordo com a reportagem, Serena utilizava os carros para ela, seu marido, Alexis Ohanian, sua mãe, Oracene Price, sua filha Alexis Olympia Jr e seu treinador, Eric Hechtman. A tenista teria direito ao transporte em até 24 horas após sua derrota no torneio, mas pediu a organização que seguisse fazendo uso destes durante as duas semanas de competição, mesmo com sua eliminação, o que lhe foi negado.

Uma fonte do Yahoo! declarou: “Ela queria usar os carros durante as duas semanas inteiras porque é isso que acontece nos outros Grand Slams (Australian Open, Roland Garros e US Open). Ela foi informada de que não era possível porque eles tinham que ser usados ​​pelos outros jogadores. Ela não estava feliz. Talvez seja por isso que ela se recusou a participar do desfile do centenário”.

Serena chegou a dizer a um jornalista que não compareceu a cerimônia porque "teve de voltar para casa", que é na Flórida. Porém, na segunda semana de Wimbledon a tenista, o marido e a filha foram vistos em um restaurante badalado de Londres e o casal postou fotos nas redes sociais do show realizado pelos Rolling Stones no Hyde Park, que aconteceu em 3 de julho, mesmo dia da cerimônia em celebração aos 100 anos da Quadra Central de All England Club.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários