Inspiração: em 2014, Botafogo eliminou Ceará da Copa do Brasil com dois gols em dois minutos
Sergio Santana
Inspiração: em 2014, Botafogo eliminou Ceará da Copa do Brasil com dois gols em dois minutos


O Botafogo tem uma missão muito difícil pela frente. O Alvinegro foi derrotado pelo América-MG por 3 a 0 no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta será nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, e o Glorioso tem um longo caminho a ser percorrido. Há, contudo, uma 'inspiração caseira' que o time pode tentar colocar como alento.

+ Botafogo aumenta proposta por Martín Ojeda junto ao Godoy Cruz

No torneio de 2014, o Alvinegro conseguiu uma classificação heroica contra o Ceará, no Castelão. À época, o time comandado por Vágner Mancini - atual treinador do América-MG, por coincidência - fez dois gols em dois minutos para uma virada improvável diante do Vozão e um 4 a 3.

O contexto: o Ceará havia vencido o primeiro jogo, no Rio de Janeiro, por 1 a 0. O troco, no Castelão, até começou bem para o Botafogo, que abriu o placar com Edilson, mas logo a coisa mudou e o Ceará vencia a partida por 3 a 2 até os acréscimos.

Foi aí que os heróis improváveis apareceram. Wallyson chutou de fora da área, o goleiro Jailson soltou e, no rebote, Luís Ramírez soltou. Na saída de bola, Magno Alves teve a chance de colocar o Ceará de novo para frente, mas errou. Um chutão para frente fez André Bahia dominar, ajeitar e chutar de fora da área, acertando o cantinho. Era uma classificação histórica.

+ Botafogo x América-MG: prováveis times, desfalques e onde assistir ao duelo pelas oitavas da Copa do Brasil

O time chegou a ser recebido por uma grande festa no Rio de Janeiro horas depois, em um aeroporto.

Frame - André Bahia no aeroporto

André Bahia no aeroporto

Time do Botafogo na ocasião : Andrey; Edilson, Bolívar, André Bahia, Junior Cesar (Júlio César); Bolatti (Tanque Ferreyra), Gabriel; Luís Ramírez, Daniel (Yuri Mamute); Wallyson, Emerson Sheik.

O contexto de 2022 é muito diferente, claro, mas o Botafogo tem próprios exemplos de superação em pouco tempo para virar um cenário adversário. Nesta quinta-feira, um longo caminho contra o América-MG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários