Distribuição tática, concentração e poderio ofensivo: veja o que observar no Botafogo contra o América-MG
Lance!
Distribuição tática, concentração e poderio ofensivo: veja o que observar no Botafogo contra o América-MG


O Botafogo volta a campo nesta quinta-feira, às 21h, para medir forças com o América-MG, no Nilton Santos. Com sete derrotas nas últimas dez partidas, a equipe precisa virar uma desvantagem de três gols para conseguir avançar às quartas de finais da Copa do Brasil.

+ Novo reforço do Botafogo, Eduardo explica mudança no nome e elogia projeto: 'Não pensei duas vezes'

O técnico Luís Castro terá novamente dor de cabeça, já que o time de General Severiano segue com uma extensa lista de atletas lesionados. Diante disso, o LANCE! enumerou cinco pontos para o torcedor ficar de olho no duelo decisivo contra o Coelho.
AdChoicesPUBLICIDADE
+ Confira e simule a tabela da Copa do Brasil

- Poderio ofensivo:
Nas últimas partidas, o Botafogo tem tido muita dificuldade em criar chances de gol e incomodar os adversários. Como precisa marcar gols, o time terá que evoluir no setor ofensivo para buscar a classificação diante da sua torcida. A bola tem que chegar mais para que os atacantes e pontas tenham condições de finalizar e levar perigo.

- Atenção aos contra-ataques: O Coelho tem uma enorme vantagem e deve armar uma 'retranca' para segurar o alvinegro e apostar nos contragolpes. Cabe ao técnico Luís Castro corrigir os erros defensivos para não dar espaços a essas jogadas e não se complicar no jogo.

- Meio de campo: Grande parte dos problemas ofensivos do Glorioso passam por um desequilíbrio entre as linhas. A articulação da equipe não tem funcionado de maneira adequada, sem criatividade para produzir jogadas coletivas e verticais. O setor não tem correspondido, e muitas das vezes, o time tem apostado na bola longa.

- Lado psicológico:
Em um jogo decisivo, além da tática e da técnica, a questão emocional também é essencial. Em desvantagem, a equipe precisa ter concentração para não colocar tudo a perder. No duelo contra o Cuiabá, dois jogadores foram expulsos, o que complicou ainda mais pelo Brasileirão.

- Distribuição tática: Desde o triunfo sobre o São Paulo, Luís Castro tem optado por um esquema com três zagueiros. No entanto, ele precisa mostrar mais variações e utilizar melhor as peças que tem à disposição. É inegável que o Botafogo precisa de reforços, mas também pode e deve apresentar um futebol melhor do que vem jogando atualmente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários