Adriano Imperador relembra como quase foi cortado do Flamengo: 'Não tinha mais espaço'
Lance!
Adriano Imperador relembra como quase foi cortado do Flamengo: 'Não tinha mais espaço'


Um dos ídolos da história do Flamengo poderia ter destino diferente se não fosse por conta de um treinador. Em conversa no 'PodPah', Adriano revelou que quase foi cortado do clube em 1999. O técnico Carlinhos, que chegou para a base naquele ano, evitou que o Imperador fosse dispensado.

+ Allan Jesus rebate questionamentos de Casimiro sobre Luva de Pedreiro

- Eu sempre gostei de jogar de lateral-esquerdo também. Mas chegou uma época que eu cresci demais, fiquei muito grande, aí não tinha mais espaço na lateral. Espichei do nada. Aí eu quase fui cortado. Até que chegou o técnico Carlinhos e viu meu potencial - comentou Imperador.

+ Neto defende Gabriel Veron, do Palmeiras, após vídeo na balada: 'Quem somos nós para julgar?'

- Ele chegou e falou 'Calma aí, não manda o Adriano embora não'. Ele primeiro me botou na zaga, depois como centroavante. Aí as coisas foram andando. Eu sempre chutei forte, mas não sabia fazer gol, eu chegava na frente do gol, fechava o olho e chutava - completou o ex-atacante.

+ Ex-jogador do São Paulo dispara sobre Daniel Alves: 'Por onde passa não deixa saudade'

Imperador fez sua estreia como profissional no ano seguinte pelo Flamengo e conquistou o bicampeonato Carioca. Em 2001, foi comprado pela Internazionale e passou por grandes clubes Roma, São Paulo e Corinthians. Adriano voltou ao Rubro-Negro em 2009 e conquistou o Brasileirão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários