Cantillo aproveita sequência e dá nova dinâmica ao meio-campo do Corinthians
Rafael Marson
Cantillo aproveita sequência e dá nova dinâmica ao meio-campo do Corinthians


O meio-campo do Corinthians ganhou nova dinâmica com a presença de Cantillo no time titular. O colombiano vem recebendo sequência com Vítor Pereira e está sendo elogiado pela torcida corintiana, especialmente pela participação defensiva.

+ GALERIA - Willian e Giuliano se destacam em goleada do Timão; veja notas

Um dos pedidos do treinador português para o meia após o triunfo por 1 a 0 do Timão contra o Goiás, na última rodada do Brasileirão, foi ser mais intenso na marcação.

- O Cantillo, com bola, nos dá qualidade. Peço que, sem bola, seja mais agressivo e antecipe o momento de perda de bola. No ponto de vista defensivo, peço que cumpra os posicionamentos. É mais um jogador que está aqui para ajudar, precisamos de todos neste momento, estamos muito curtos - disse o técnico na coletiva após o duelo contra o Esmeraldino.

Na goleada por 4 a 0 contra o Santos, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, Cantillo chegou ao terceiro jogo consecutivo na equipe titular, sua maior sequência no onze inicial com Vítor.

O camisa 24 vem atuando como primeiro volante no 4-3-3 do treinador português. Assim, ele é o responsável iniciar a ligação entre defesa e ataque, além das obrigações defensivas de um volante.

+ TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

E a intensidade pedida por Vítor Pereira na marcação é o aspecto pelo qual Cantillo vem se destacando. Na goleada contra o Santos, o colombiano foi o jogador com mais ações defensivas (cinco desarmes), além de ser quem mais acertou lançamentos (nove), sendo peça fundamental na vitória.

Contra o Goiás, a jogada do pênalti que deu a vitória ao Corinthians nasceu de uma roubada de bola do camisa 24 no campo de ataque.

O ressurgimento de Cantillo, pouco aproveitado por Vítor Pereira no Paulistão, fase de grupos da Libertadores e início do Brasileirão, está atrelado às ausências de Paulinho (lesão no ligamento) e Maycon (lesão muscular).

O colombiano aproveitou o vácuo deixado pelos companheiros e se mostrou a melhor opção para as necessidades táticas do treinador, tendo em vista que Roni e Xavier receberam chances, mas não se firmaram.

Ainda, a presença de Cantillo como primeiro homem do meio-campo possibilita que Du Queiroz amplie seu leque tático, infiltrando mais na área e dando liberdade para o terceiro homem do setor, seja ele Giuliano ou Renato Augusto.

Apesar do bom momento na temporada, o colombiano segue sem nenhuma participação em gols no ano. Seu último gol pelo Timão foi no dia 6 de novembro de 2021, quando garantiu a vitória por 1 a 0 contra o Fortaleza, pelo Brasileirão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários