Luva de Pedreiro: especialista em marketing explica como deve ser a relação entre influencers e agentes
Lance!
Luva de Pedreiro: especialista em marketing explica como deve ser a relação entre influencers e agentes


Um dos assuntos mais comentados da semana tem sido em torno de Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro . Como consequência do alto alcance de seus vídeos nas redes sociais, o influenciador ganhou destaque a nível mundial e fechou contratos com grandes marcas , arrecadando cifras milionárias em acordos de patrocínio.

Além dos negócios publicitários assinados com a Pepsi e a Amazon Prime Vídeo, o influencer tem uma loja virtual com mais de 1 milhão de seguidores, em que ele comercializa produtos personalizados. Apesar do sucesso, no último domingo (19), o jovem desabafou nas redes sociais e excluiu do seu instagram as menções à empresa ASJ Consultoria, do empresário Allan Jesus.

+ Veja valor da multa de rescisão de Luva de Pedreiro

De acordo com a coluna do Leo Dias, do portal Metrópoles, só a parceria com o Amazon Prime Video rendeu ao jovem baiano cerca de R$1 milhão. Segundo o colunista, apesar do patrocínio milionário, Iran Ferreira possui apenas R$7.500 nas duas contas bancárias que estão no seu nome.

Diante dos rumores sobre a rescisão do contrato e um possível novo agenciamento, o empresário Allan Jesus se posicionou por meio de uma nota oficial, onde ele afirma que possui contrato com Luva de Pedreiro até 2026 e não recebeu nenhuma notificação formal a respeito da rescisão do acordo vigente.

+ Após nova derrota para o Galo, web não perdoa o Flamengo; veja os memes

Para Bernardo Pontes, especialista em marketing de influência, o papel dos gestores de carreira deve ser firmado em traçar objetivos claros e apontar caminhos aos influencers.

- Primeiro, a premissa básica é alinhar quais são os objetivos a serem atingidos, porque isso o ajudará na tomada de decisão. E aqui entra um ponto muito importante: a decisão tem que ser sempre do talento. Nosso papel, como agência de gestão, é apenas apontar os caminhos, resta a eles decidirem se querem ou não seguir por ele”, explica o executivo, que é sócio da AlobSports, empresa que atua com nomes como Negrete, Natália Guitler, Diego Ribas (Flamengo), Willian (Corinthians), entre outros - disse.

Bernardo Pontes também comenta a respeito da transformação que tem ocorrido no mercado, com uma crescente na construção de relacionamentos entre empresas e influencers. Segundo ele, tais acordos podem ser positivos para ambas as partes, desde que haja um planejamento.

- O mercado tem mudado. É nítido que os influenciadores digitais estão tendo cada vez mais relevância nas estratégias das empresas. Estamos em um ano de Copa do Mundo, o que torna os influenciadores esportivos os principais players da atualidade. Tendo isso em vista, é preciso que eles saibam trabalhar de forma planejada, a fim de maximizarem as oportunidades e firmarem boas parcerias - completa Pontes.

Apesar das polêmicas, Iran Ferreira segue com números expressivos nas principais plataformas de mídia digital e se destaca como o influencer do futebol com a maior quantidade de seguidores no Instagram (14,4 milhões). Nos últimos meses, publicou vídeos em parceria com grandes clubes do Brasil e do exterior.

O jovem também esteve na final da Champions League entre Liverpool e Real Madrid, disputada na cidade Saint-Denis, ao norte de Paris. Durante a viagem, o brasileiro participou de algumas ações da Pepsi, uma de suas parceiras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários