Brasil se reabilita e vence a Sérvia na Liga das Nações de vôlei
Web Vôlei
Brasil se reabilita e vence a Sérvia na Liga das Nações de vôlei


O Brasil voltou a vencer na Liga das Nações masculina (VNL) . Nesta quinta-feira, em Sofia, na Bulgária, a Seleção encerrou a série de três derrotas seguidas ao superar a Sérvia por 3 sets a 0, parciais de 25-18, 26-24 e 25-17.

Mais do que a atuação, o resultado positivo dá uma tranquilidade maior na busca para a classificação para a fase final, em Bologna, na Itália. O Brasil havia iniciado o dia fora do G8 da VNL, tendo agora três vitórias e três derrotas em seis jogos (confira a classificação completa da Liga das Nações).

Na sequência da segunda etapa da VNL, o time dirigido por Renan Dal Zotto enfrentará Irã e Bulgária. Dois rivais “bem ganháveis”, para ter uma tranquilidade maior na última etapa, no Japão.

Em comparação com o time derrotado pela Polônia, ontem, o treinador fez duas mudanças no time titular: Lucarelli entrou no lugar de Rodriguinho e Thales foi o líbero na vaga de Maique, sem o revezamento para defender e passar.

Com Leal e Lucarelli juntos desde o início, o Brasil, diferentemente de toda a campanha na VNL até aqui, não sobrecarregou Alan no ataque. Tanto que o trio terminou com números dígitos duplos na pontuação: Lucarelli (14), Alan (13) e Leal (11).

Do lado sérvio, o técnico Igor Kolakovic poupou seus principais nomes: Atanasijevic, Podrascanin, Lisinac e Jovovic. E, sem eles, só conseguiu equilibrar as ações no segundo set, quando chegou a ter set point, mas levou a virada, após dois erros seguidos de Meljanac, o popular Aqua-Man.

A destacar, na atuação coletiva do Brasil, o protagonismo de saque e bloqueio. Foram oito pontos em aces e sete em blocks feitos em cada fundamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários