John Textor chega ao Lyon, cita Botafogo e dispara contra o PSG
Lance!
John Textor chega ao Lyon, cita Botafogo e dispara contra o PSG


Um dia após o anúncio oficial do acordo para John Textor ser o acionista majoritário do Lyon , o empresário norte-americano foi apresentado nesta terça-feira para a imprensa francesa, ao lado do presidente do clube, Jean-Michel Aulas.

Logo em sua primeira entrevista, Textor já alfinetou o Paris Saint-Germain, um dos grandes rivais do Lyon no cenário francês. O empresário destacou que não concorda com o tipo de investimento que o clube da capital recebe.

- Não gosto de projetos como o PSG. Se continuarmos a fazer o que Jean-Michel Aulas (CEO do Lyon) vem fazendo há alguns anos e levarmos entretenimento e tecnologia para isso, poderemos ganhar mais dinheiro do que com um investidor do Qatar. Eu acho que o futebol foi quebrado pelo dinheiro. É uma realidade. Em cada parte do mundo temos no máximo dois ou três times fortes. E o resto? Qual a graça disso? Acho que o dinheiro é importante. Teremos que gastar. Mas o que eu gosto no futebol é a comunidade em volta do clube vivendo isso - disparou.

+ Tite revela ter recusado propostas de gigantes europeus: 'Quero ganhar a Copa do Mundo'

Ainda sobre PSG, Textor foi perguntado como faria para o Lyon bater o clube da capital francesa e qual será a estratégia para fazer isso acontecer.

- Eu realmente não tenho uma estratégia. Ter mais jogadores, treiná-los. O interessante na Premier League com o Crystal Palace é vê-los vencer o Manchester City. Em um jogo, tudo pode acontecer, o Lyon não está tão longe do topo. Temos que começar a criar momentos especiais onde vencemos rivais com mais frequência. É uma combinação de recursos financeiros e talento - afirmou.

Por fim, Textor falou sobre a relação entre os clubes em que é dono. O empresário é um dos acionistas do Crystal Palace, da Inglaterra e é o dono da Sociedade Anônima do Futebol do Botafogo.

- Nós tentamos criar uma família entre os nossos clubes. Que trabalham juntos. Organicamente, nossos torcedores entendem isso. Isso foi uma coisa muito legal quando compramos o Botafogo. É totalmente distinto do meu investimento no Crystal Palace, mas os torcedores do Rio de Janeiro começaram a se conectar com os de Londres, começaram a trocar culturas, camisas, não competem com os outros. As redes sociais são muito boas e ajudam isso. Agora eu vejo pessoas com a camisa do Crystal Palace no Nilton Santos e vejo camisas do Botafogo nos bares em Londres. E eles se chamam de irmãos. E há menos de 24 horas já fazem isso com o Lyon - finalizou.

De acordo com o anúncio oficial do Lyon, Textor vai adquirir 66,5% das ações do time francês e, no futuro, terá 88,55%. O valor da compra não foi divulgado oficialmente pelas partes, mas o comunicado do Lyon afirma que o clube vale cerca de 798 milhões de euros (R$ 4,3 bilhões).

A conclusão da operação da venda das ações da Pathe SAS, IDG Capital e Holnest estão previstas para serem concluídas no segundo semestre de 2022, mais especificamente em setembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários