Sem Zé Rafael, Gabriel Menino pode ganhar mais uma oportunidade no Palmeiras
Alexandre Guariglia
Sem Zé Rafael, Gabriel Menino pode ganhar mais uma oportunidade no Palmeiras


O Palmeiras terá um desfalque significativo para enfrentar o São Paulo, na próxima segunda-feira, pelo Brasileirão-2022 . E não estamos falando de Marcos Rocha, nem de Raphael Veiga... A baixa é de Zé Rafael, um dos "motorzinhos" do time. Porém, com essa vaga aberta, surge uma nova chance para Gabriel Menino seguir em sua retomada de espaço com Abel Ferreira justamente em um clássico .


GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Claro que o técnico português, que também será desfalque por conta de um diagnóstico positivo de Covid-19, pode pensar em outro nome para essa lacuna, como Atuesta ou Fabinho, mas pelo que as escalações recentes indicavam, que deve ser o escolhido é o camisa 25, que vem reconquistando a confiança de Abel e da torcida.

Menino vinha em uma sequência de três jogos consecutivos como titular do Palmeiras, algo que ainda não havia acontecido em 2022. Ele atuou diante do Deportivo Táchira, do Santos e do Atlético-MG. Além disso, ele havia entrado e marcado um gol no segundo tempo da partida contra o Juventude, e começou desde o início diante do Emelec, pela Libertadores, ou seja, um bom combo de cinco jogos.

No entanto, quando ele engataria o sexto duelo, e o quarto como titular em sequência, uma virose acabou tirando sua oportunidade. Com Danilo retornando da Seleção, seria Menino o escolhido para entrar em campo, mas Abel precisou utilizar a outra Cria de forma emergencial por conta da impossibilidade de escalar o camisa 25.

Esse "acidente" de percurso acabou interrompendo não somente essa sequência numérica, mas principalmente a retomada da confiança e do espaço que Menino vinha sedimentando com boas atuações e participações relevantes. Como ele mesmo relatou em entrevista recente ao LANCE!, "estava tudo voltando ao normal".

Acontece que o futebol apronta das suas e cria novas oportunidades, como é caso do momento atual. Sem Zé Rafael, suspenso pelo terceiro amarelo, Abel Ferreira não terá um de seus principais jogadores para enfrentar o São Paulo pelo Brasileirão. Por conta desse "ressurgimento" de Menino, não é difícil imaginar que o primeiro nome de substituto que o torcedor pensou foi o dele.

E a opção por Menino faz sentido, até mais do que aquela que ele vinha ocupando, como um primeiro volante. Zé costuma atuar como um "segundo volante", com características de meio-campista, que marca, constrói e "pisa" na área, algo que o camisa 25 gosta de fazer e já vimos ele executar desde que subiu da base como um dos grandes expoentes dessa vitoriosa geração de Crias da Academia.

Agora sem virose e em nova ascensão, Gabriel Menino desponta como o principal favorito a ocupar a vaga no meio-campo do Verdão no clássico contra o São Paulo, no Morumbi. Se realmente for o escolhido, será mais uma grande oportunidade para o meio-campista campeão olímpico mostrar que seu "retorno" é mesmo para ficar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários