Paulo Pezzolano se torna técnico estrangeiro que mais vezes comandou o Cruzeiro
Filipe Sodré - Valinor Conteúdo
Paulo Pezzolano se torna técnico estrangeiro que mais vezes comandou o Cruzeiro


O torcedor do Cruzeiro está, definitivamente, em lua de mel com a equipe. Afinal de contas, o time estrelado tem 31 pontos ganhos e está de "cara para o vento" na Série B do Campeonato Brasileiro, com seis pontos de vantagem para o atual vice-líder, o Bahia.

Um dos principais responsáveis por essa bela campanha é, sem dúvidas, o técnico uruguaio Paulo Pezzolano. Desde que ele chegou, no início desta temporada, a Raposa, apesar de ter perdido a final do Campeonato Mineiro, recuperou um padrão de jogo, o que era aclamado nas gestões técnicas anteriores.

Mais do que isso, com 31 jogos até o momento, Pezzolano se tornou, ao comandar o Cruzeiro diante da Ponte Preta, o técnico estrangeiro que mais vezes treinou o clube em toda a sua história. O uruguaio ultrapassou os números do argentino Filpo Nuñez, que dirigiu o Cruzeiro em 1970.

Vale lembrar que, na última quarta-feira, o clube celeste anunciou a renovação de contrato com o treinador, até o fim de 2023. Até aqui, em 31 partidas, Pezzolano empilha 22 vitórias, dois empates e apenas sete derrotas, com um aproveitamento de 73,1% dos pontos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários