Palmeiras sai atrás, faz quatro gols em sete minutos, bate o Atlético-GO e abre vantagem no Brasileirão
Alexandre Guariglia
Palmeiras sai atrás, faz quatro gols em sete minutos, bate o Atlético-GO e abre vantagem no Brasileirão


O torcedor do Palmeiras viveu momentos de apreensão, mas certamente foi ao delírio com a goleada por 4 a 2 sobre o Atlético-GO, que fez a equipe abrir três pontos em cima do segundo colocado no Brasileirão . Até os 40 minutos da primeira etapa, o Alviverde perdia por 1 a 0, mas fez quatro gols em sete minutos com Zé Rafael, Gómez (duas vezes) e Scarpa em uma virada espetacular no Allianz Parque.

GALERIA
> ATUAÇÕES: El Capitán! Gómez é zagueiro-artilheiro em nova goleada do Palmeiras

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Verdão sai atrás, mas faz quatro gols em sete minutos para virar

A partida começou com o Atlético-GO assustando a defesa alviverde logo de cara com Luiz Fernando cruzando para Jorginho, que foi travado na hora do chute. Com três zagueiros, o time de Abel parecia ainda se adaptar ao esquema. Mas chegou bem em três oportunidades para responder: com Rony, Piquerez e Scarpa.

Gabriel Veron, na sequência, ainda tentou, mas chutou fraco. Assim como Wellington Rato, do Dragão, que bateu para fora em seguida. O time visitante tinha certo controle e chegava com facilidade. Ao mesmo tempo, Scarpa foi derrubado na área e arbitragem não viu pênalti. Pouco depois, Gómez tentou bicicleta, mas por cima do gol.

Enquanto o Palmeiras tentava achar espaços, o Atlético-GO aproveitou os vacilos de Luan para abrir o placar. Primeiro o zagueiro afastou mal, depois desviou cruzamento contra o próprio travessão e por fim, quando Weverton pegaria a bola, Luan marcou um tento bizarro em sua própria rede, dando vantagem aos goianos.

Dali em diante, pela dificuldade que se apresentava e por não jogar bem, parecia que um empate não sairia nesta noite. Acontece que esse é o Palmeiras de Abel Ferreira, não dá para duvidar. Dos 40' aos 47', o Verdão marcou quatro vezes em uma virada impressionante.

Primeiro Zé Rafael aproveitou cruzamento de Veron para empatar aos 40', depois, aos 42', Scarpa bateu escanteio, Luan desviou e Gómez completou. Em seguida, aos 43', Veron cruzou para Scarpa fazer o terceiro. E tinha mais... Aos 47', novo escanteio de Scarpa, bate e rebate na área e Gómez, de novo, mandou para a rede. Terminava assim o primeiro tempo de uma virada espetacular.

Verdão conseguiu virada espetacular (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

Alviverde diminui o ritmo, poupa titulares e Atlético-GO desconta

Na volta do intervalo, Jorginho fez duas alterações no Atlético-GO procurando evitar que a goleada fosse maior, no entanto conseguiu ter boas chegadas em uma defesa do Palmeiras que se mostrava mais vulnerável do que o normal. Mas o o primeiro lance de mais perigo foi um cruzamento de Wesley para gol de Breno Lopes, mas ele estava impedido e o quinto tento palmeirense foi anulado.

Pensando no São Paulo, Abel já fez logo três alterações para descansar o time: Dudu, Scarpa e Veron saíram para as entradas de Wesley, Atuesta e Breno Lopes, com dois deles protagonizando a jogada citada acima. Depois disso, o Verdão segurou mais o jogo, buscando sair nos erros do adversário. Aos 28, Breno partiu em contra-ataque e foi puxado por Arthur Henrique, que foi expulso.

As principais jogadas palmeirenses eram pelos lados, com Breno e Wesley, mas as conclusões não saíam conforme o esperado, ou terminavam em impedimento. Enquanto isso, o Atlético-GO buscava diminuir e conseguiu fazer o segundo gol aos 31', quando Weverton saiu atabalhoado de sua meta e a bola sobrou para Churín marcar.

Ainda deu tempo de Wesley e Breno Lopes desperdiçarem mais algumas oportunidades e Rony quase marcar o seu tão sonhado gol de bicicleta antes do apito final do árbitro Ramon Abatti Abel, que mais uma vez teve atuação tenebrosa. Apesar do segundo tempo mais morno, o torcedor palmeirense foi ao delírio no Allianz.

E agora?

Com a vitória, o Palmeiras chega a 25 pontos e abre três na liderança do Brasileirão em relação ao vice Corinthians, que tem 22. Já o Botafogo fica na 17ª posição com 13 pontos, dentro do Z4. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o São Paulo, fora de casa, na segunda-feira, enquanto o Dragão, na domingo, recebe o Juventude.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 x 2 ATLÉTICO-GO
Local:
Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 16/6/2022 - 18h
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público/Renda: 38.888 pagantes/R$ 2.130.126,80
Cartões amarelos: Zé Rafael e Danilo (PAL) Churín (AGO)
Cartões vermelhos: Arthur Henrique, aos 28'/2ºT (AGO)
Gols: Luan (contra) (28'/1ºT) (0-1), Zé Rafael (40'/1ºT) (1-1), Gustavo Gómez (42'/1ºT) (2-1), Gustavo Scarpa (43'/1ºT) (3-1), Gustavo Gómez (47'/1ºT) (4-1), Churín (31'/2ºT) (4-2)

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan (Mayke, aos 25'/2ºT), Murilo e Piquerez; Danilo (Gabriel Menino, aos 25'/2ºT), Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Atuesta, aos 14'/2ºT); Dudu (Wesley, aos 14'/2ºT), Gabriel Veron (Breno Lopes, aos 14'/2ºT) e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

ATLÉTICO-GO: Ronaldo, Hayner, Edson, Ramon Menezes e Jefferson (Arthur Henrique, no intervalo); Baralhas (Edson Fernando, aos 31'/2ºT), Marlon Freitas (Lucas Lima, aos 18'/2ºT) e Jorginho (Léo Pereira, aos 18'/2ºT); Wellington Rato, Luiz Fernando (Airton, no intervalo) e Churín. Técnico: Jorginho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários