Brasil derrota a Holanda com autoridade na Liga das Nações feminina
Web Vôlei
Brasil derrota a Holanda com autoridade na Liga das Nações feminina


Com Kisy de titular – única mudança em relação ao time que começou jogando na véspera, na vitória sobre a Turquia, por 3 a 1, de virada, a Seleção Brasileira derrotou a Holanda por 3 a 0 – parciais de 25-16, 25-15, 25-15-21 -, na noites desta quinta-feira, pela segunda rodada da segunda etapa da Liga das Nações de Vôlei Feminino 2022, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF).

Com o resultado, o Brasil assumiu a segunda colocação na tabela, com 15 pontos, mas pode voltar para o quarto lugar, já que os Estados Unidos, que têm 12 pontos, e a China, que tem 13, vão enfrentar a Polônia e Canadá nesta sexta-feira, respectivamente. Nesta sexta, a Seleção Brasileira folga na rodada e volta à quadra no sábado, para enfrentar a Itália, da oposta Egonu, às 15h, novamente no Distrito Federal.

>>> Douglas Souza celebra acerto com time para Superliga e fala em recuperar forma após pausa


O técnico José Roberto Guimarães aproveitou a tranquilidade do jogo para colocar Lorena e Júlia Kudiess para atuar um pouco. O time titular foi Macris, Kisy, Gabi, Pri Daroit, Diana, Carol e Nyeme (líbero). Ana Cristina entrou como oposta na inversão do 5 x 1 junto com a Roberta. Três jogadoras terminaram a partida com 13 pontos: Pri Daroit, Kisy e Gabi. Pelo lado holandês, a ponteira Knollema fez 12 e Anne Buijs, 7.

Depois de vencer com facilidade dos dois primeiros sets, o Brasil teve momentos de instabilidade no terceiro, cometendo erros de ataque e sem o mesmo brilho no ataque pelo meio que mostrou o jogo contra a Turquia. A Holanda também errou, mas até a metade da parcial foi melhor no ataque, com Anne e Knollema comandando os ataques. O saque das holandesas melhorou e a recepção verde-amarela sentiu. As europeias chegaram a estar na frente do placar em 19 a 18, fazendo a diferença no saque, e Zé Roberto pediu tempo.

Em um bloqueio de Kisy sobre Anne Buijs, o Brasil passou à frente. Rosamaria foi para o jogo, levantando a torcida no Nilson Nelson e em, novo bloqueio de Kisy, a Seleção fez 24 a 23. No contra-ataque, a canhotinha Kisy colocou a bola no chão para fechar o set e o jogo em 3 a 0.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários