Elismar Carrasco busca volta por cima no palco do ACA MMA
TATAME
Elismar Carrasco busca volta por cima no palco do ACA MMA


O ano era 2021 e Elismar Carrasco acumulava nada menos do que sete vitórias consecutivas, sendo campeão do Future MMA e melhor atleta do país no Ranking Nacional de MMA. O goiano, então, foi contratado pelo Open FC, e depois de brilhar na organização, chamou atenção do ACA MMA - maior evento de MMA da Europa -, mas não conseguiu manter a boa fase. Em busca do seu segundo triunfo no cage russo, Carrasco vai enfrentar Abdul-Rakhman Dudaev no ACA 141, marcado para o dia 22 de julho, em Sóchi (RUS).

- Vou reverter a minha história ali dentro porque sei que tenho potencial. O jogo russo é chato, mas agora estou treinando pesado e trabalhando em cima do jogo deles como nunca. Vou buscar essa vitória - declarou o brasileiro sobre o seu próximo compromisso.

Elismar Carrasco estreou no palco do ACA MMA em abril do ano passado, contra Levan Makashvili, e apesar do revés deixou uma boa impressão. Depois de outra derrota, para Alexander Matmuratov, o goiano finalmente venceu em sua terceira apresentação, quando aplicou um nocaute brutal sobre Bekhruz Zurugov. Na sequência, porém, voltou a perder diante do jogo agarrado do atletas Apti Bimarzaev e Tural Ragimov, respectivamente. Todas as derrotas foram por decisão.

- Estou treinando dobrado, de forma mais intensa. Também mudei a minha visão do estilo de luta deles, pois como disse, eles são sempre de agarrar e derrubar, então estou me preparando melhor para isso. Na última luta o corte de peso me deixou fraco, clima diferente, cansaço do fuso horário, alimentação... Dessa vez farei tudo diferente, procurando melhorar o meu jogo em uma nova equipe: irei para matar ou morrer - disse.

Adversário do brasileiro, Abdul-Rakhman Dudaev soma 28 vitórias e sete derrotas no cartel. Já Elismar Carrasco, atualmente treinando na TFT - uma das maiores equipes do país -, tem 25 triunfos e 11 reveses no currículo. O lutador se preparou no Rio de Janeiro e garante estar pronto para espantar a má fase:

- Sempre dei o meu melhor, lutando até o fim. Sempre fui agressivo e agora serei ainda mais. Sei que preciso dessa vitória, e do jeito que ela vier estarei preparado, com sangue nos olhos o tempo todo em busca do que é meu. Deus tem o melhor pra mim, estou fazendo a minha parte treinando bastante e podem ter certeza que os russos ainda me engolirão - finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários